Carla Ferreira

Carla Ferreira

Aldeia Histórica – Piódão

         

#Continuandoàprocura das Aldeias Históricas de Portugal estivemos na belíssíma aldeia do Piódão, uma aldeia que parece saída de um conto de fadas, casinhas de xisto pequeninas, encavalitadas umas nas outras e com pormenores azuis, conferem à paisagem um deslumbramento incrível.

Conhecida como Aldeia Presépio, o Piódão está situado num magnífico vale, resguardado dos fortes ventos que castigam o alto das serras portuguesas, no concelho de Arganil. É um local verdadeiramente fascinante. Devido à falta de espaço, as casas foram erigidas em altura, não em comprimento. São feitas de xisto com telhados de ardósia e estão encaixadas na encosta da Serra do Açor fazendo o postal perfeito.

Chegar até Piódão implica uma viagem pelas sinuosas curvas da Serra do Açor. Contudo, as vistas são surpreendentes, de tirar o fôlego. Vales e montanhas cobertas por um manto verde de perder de vista, a natureza em todo o seu esplendor.

Piódão é sem dúvida umas das mais bonitas aldeias de Portugal, classificado como Imóvel de Interesse Público a partir de 1978. O azul que pinta as portas e janelas é um dos mistérios ainda para resolver. Ninguém sabe ao certo a razão. São várias as explicações, mas a mais conhecida prende-se com o isolamento da aldeia e com a chegada de uma lata de tinta azul. Não havendo escolha, o azul impôs-se e é atualmente parte integrante do conjunto arquitetónico da aldeia.

O destaque da aldeia vai para bela Igreja Matriz, a Igreja de Nossa Senhora da Conceição em Piódão, evidencia um branco quase imaculado. Para combinar com o restante do povoado, listras azuis cortam o semblante branco da pitoresca igreja.

Piódão é uma aldeia serrana, de feição rural, e acessos difíceis, um excelente exemplo de como o ser humano se adaptou ao longo dos séculos aos mais inóspitos locais.

A natureza envolvente está quase que em estado puro, observando-se pela região diversas espécies de fauna e flora típicas do local.
Os habitantes dedicam-se, sobretudo, à agricultura (milho, batata, feijão, vinha), à criação de gado (ovelhas e cabras) e em alguns casos à apicultura.

A flora é em grande parte constituída por castanheiros, oliveiras, pinheiros, urzes e giestas. A fauna compõe-se, sobretudo, de coelhos, lebres, javalis, raposas, doninhas, fuinhas, águias, açores, corvos, gaios, perdizes e pequenos roedores.

Piódão oferece hoje em dia uma boa oferta turística, com alojamento, restauração, e diversas lojas com o que de mais tradicional se produz na aldeia, entre artesanato, licores, mel, pão ou outros deliciosos produtos gastronómicos.

 

Para Ver

Capela das Almas

Capela do séc. XVIII e XX com retábulo em madeira e com uma pintura representando as Almas do Purgatório. Foi capela mortuária do Piódão e das aldeias vizinhas.

 

Capela de São Pedro

Datada do séc.XVII / XVIII e XX, trata-se de um singelo templo localizado no interior da malha urbana. Possui uma imagem de S. Pedro, do Séc.XVI.

 

Eira

No cimo da povoação existe uma eira comunitária. Em aldeias pequenas e isoladas o comunitarismo foi um modelo de trabalho, uma prática de utilização de infra-estruturas (sistema de rega, forno, eira) ou de espaços (baldios), essencial para a sobrevivência das respectivas comunidades. Este espaço era utilizado para secar e malhar as colheitas de cereais (ex: centeio) e leguminosas (ex: feijão). Destaca-se a profusão de gravações em várias pedras da eira: covinhas e desenhos, muitos destes correspondendo a podomorfos (formas de plantas de pés), individuais ou aos pares. Presume-se que estas representações estejam relacionadas com cultos propiciatórios de boas colheitas ou de conservação dos produtos.

 

Fonte dos Algares

A Fonte dos Algares, toda construída em xisto, trata-se de um pequeno chafariz com um arco ogival. Construída no interior de uma parede de xisto.

 

Igreja matriz

O templo primitivo foi edificado na segunda metade do séc. XVIII. Mas pelos finais do séc. XIX a fachada ameaçava ruína. Acede-se ao templo por uma larga escadaria em xisto. Possui dois corpos justapostos e sacristia anexa. Dedicado a Nª Srª da Conceição, sofreu várias obras de restauro e ampliação. A intervenção de 1898-1900 estabeleceu a fachada actual com quatro robustos contrafortes cilíndricos, elevados em relação ao corpo da nave, com remate em coruchéus cónicos. Dessa intervenção também resultou a construção da torre sineira e do coro-alto, tendo o templo avançado para a sua cabeceira com o corpo da capela-mor, que também passou a ficar dotado com 4 colunas cilíndricas como contrafortes em cada um dos cantos da estrutura.

 

Posto de Turismo/ Núcleo Museológico

O Posto de Turismo e Núcleo Museológico do Piódão é o local de acolhimento de quem visita a Aldeia do Piódão, no qual se poderá obter as mais diversas  informações. O Núcleo Museológico alberga uma exposição permanente, dotada de artefactos e obras de arte que mostram o modo de vida das gentes desta aldeia histórica.

          

 

Para Ficar

Inatel Piódão

O Hotel Inatel Piodão está perfeitamente enquadrado na paisagem numa das encostas da serra, e oferece uma vista fantástica sobre a aldeia. São 27 quartos, piscina coberta, sauna, jacuzzi, sala de jogos e restaurante, no conforto de um alojamento de montanha.

 

InXisto Lodges

Localizado em Chãs de Égua, o InXisto Lodges é outro alojamento que se encontra perfeitamente enquadrado na paisagem. As suas 2 casas de xisto, apesar de apresentarem uma arquitectura moderna, encaixam na perfeição no ambiente da serra e da aldeia de Piódão. Cada casa tem capacidade para 4 pessoas.

 

Para Comer

No Piódão há para provar a sua famosa broa de batata, o queijo da serra, os vários licores ou alguns pratos típicos como a chanfana ou as trutas grelhadas. Na doçaria existem os deliciosos Doces de Castanha.

 

Piódão XXI

O restaurante Piódão XXI está localizado à entrada da aldeia. Com uma arquitectura mais moderna e uma esplanada que permite aproveitar os dias de sol, oferece uma vista fantástica sobre a Serra e sobre Piódão. Tem como especialidades a chanfana à moda da serra, cabrito assado no forno e bucho serrano, entre outros.

 

O Solar dos Pachecos

Também localizado na entrada da aldeia, no largo principal, o Solar dos Pachecos é outra boa escolha para uma refeição. Com uma boa relação qualidade-preço e um menu composto pelos pratos típicos da região, é uma óptima escolha na altura do almoço ou jantar.

 

O Fontinha

Este pequeno restaurante está localizado numa das tradicionais casas de xisto de Piódão. Serve as especialidades típicas da região como a Chanfana ou a famosa Tigelada para sobremesa.

 

 

Outras Atividades

Praia Fluvial

A Praia Fluvial de Piódão está escondida nas encostas da Serra do Açor, em plena aldeia. À semelhança da povoação, a praia usa o xisto nos acessos e represa de água, fechada apenas no verão.

A baixa temperatura das águas da ribeira do Piódão atesta a sua pureza, reconhecida com o galardão Bandeira Azul, e as árvores das encostas asseguram as sombras nos dias mais quentes.

          

 

Percursos pedestres

As imediações da aldeia são ricas em trilhos pedestres e de BTT, bem assinalados por toda a serra, que permitem uma descoberta completa da região.

 

Festas e Eventos Especiais

Festa de São Pedro em abril

Festa do Sagrado Coração de Jesus em agosto

Share this post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Sobre

Olá, o meu nome é Carla Ferreira. Vivo em Viseu com a minha família, o marido Leonel e as filhas Sofia e Francisca.

Somos apaixonados pelo mundo, pela Natureza, pelas pessoas, culturas e tradições. Somos inquietos, sempre com uma vontade enorme de explorar mais e mais, de estar constantemente à procura. Privilegiamos muito o conhecimento, a valorização, a preservação e a sustentabilidade do planeta Terra. 

Explorar o mundo e partilhá-lo com as pessoas são das coisas que mais gostamos de fazer.

Artigos Recentes

Like Me on Facebook

Follow me on Instagram