Carla & Leonel

Carla & Leonel

Aldeia Histórica – Sortelha

 
#Continuandoàprocura das Aldeias Históricas de Portugal, estive na belíssima Aldeia de Sortelha, uma aldeia que pertence ao concelho do Sabugal, distrito da Guarda e tem cerca de 400 habitantes que se instalaram no arrabalde em zonas mais férteis e menos acentuadas.
 

Sortelha é uma das mais bonitas e antigas vilas portuguesas, foi vila e sede de concelho entre 1288 e 1855, e mantém ainda a sua fisionomia urbana e arquitetónica, muito bem conservada.

Entrar neste espaço enclausurado por um anel defensivo é como recuar no tempo e passear por entre sepulturas, ruas e vielas de outrora. A vista fantástica que se observa da cerca muralhada, do castelo e perto da Cabeça da Velha é de cortar a respiração.

 

Diz-se que o nome Sortelha advém da palavra castelhana “sortija” utilizada para designar um anel que poderá estar relacionado com um jogo do passado em que os cavaleiros tinham de fazer passar as setas no centro do anel. O brasão de Sortelha inclui um castelo e um anel. O Jardim do Anel é um espaço junto à muralha com algumas esculturas em pedra onde se inclui um anel.

 

Para Ver

Porta Falsa

O nome desta Porta advém da duplicação da entrada do burgo amuralhado. Tem um arco ligeiramente apontado, chanfrado pelo exterior e com abóboda redonda. As suas funções iniciais perderam-se e por isso foi inutilizada e entaipada. Apesar do nome, pensa-se que é a mais antiga pela morfologia que apresenta.

 

Casa do Árabe

Situada perto da Porta Falsa, é um simples imóvel de arquitetura tradicional, de um só piso, de planta el L e regular. Data do século XIV com ombreiras biseladas da porta e a inscrição em gótico cursivo. Atualmente serve de turismo.

 

Sepulturas Antropomórficas

São vestígios de sepulturas escavadas na rocha em torno das duas igrejas de Sortelha, especialmente na igreja da Misericórdia, no exterior das muralhas. As sepulturas foram abertas no afloramento granítico e algumas ainda são visíveis e estão bem conservadas. Apresentam morfologia antropomórfica, oval ou retangular de tamanho adulto e infantil.

Igreja Matriz

Esta igreja é também conhecida por Nossa Senhora das Neves, data do século XIV, remodelada durante o século XVI, apresenta uma fachada muito bem preservada e está situada no Largo da Igreja, junto à Porta Nova. Junto a esta igreja é possível ver duas sepulturas escavadas na pedra.

Porta Nova

Virada para poente, esta porta apresenta um arco de volta perfeita com três fiadas de aduelas. Contrariamente ao que o nome indica, esta porta é a mais antiga. Possui na lateral externa duas medidas gravadas utilizadas nos mercados medievais: o côvado (66cm) e a vara (110cm).

Troço de Calçada Medieval

No exterior das muralhas e junto à Igreja da Misericórdia é visível um troço de calçada medieval com cerca de 30m de extensão e 5m de largura. A sua construção está relacionada com a construção da Porta Nova.

Igreja da Misericórdia

Esta igreja fica situada no exterior das muralhas e tem origens medievais. O imóvel encontra-se em ruínas há mais de 50 anos e apresenta planta retangular com nave única, sem cobertura atualmente.

Hospital da Misericórdia

Localizado ao lado da igreja da Misericórdia, a sua construção remonta ao século XVI e trata-se de um edifício térreo, de planta retangular com vãos de lintel reto sem moldura saliente.

Cabeça da Velha

Sortelha localiza-se no meio de grandes afloramentos graníticos, por este motivo observam-se rochas e penedos com várias formas e feitios. Um dos mais engraçados e mais conhecidos é uma rocha com o formato de uma cabeça de velha.

Casa da Câmara e Cadeia

Está localizada no Largo do Pelourinho, com origens no século XVI, tem dois pisos e no passado foi utilizada como cadeia no piso inferior e Câmara no piso superior. Em tempos foi usada como escola e atualmente funciona no edifício a Junta de Freguesia.

Pelourinho

Situado em frente à Casa da Câmara, é um pelourinho Manuelino de tabuleiro mandado construir por D. Manuel em 1510.

Castelo e Muralhas

Classificado como Monumento Nacional desde 1910, a sua situação geográfica a cerca de 760m de altitude permitiu-lhe um controlo do vale. Terá sido construído em 1228 na época de D. Sancho II. Trata-se de um castelo roqueiro românico-gótico, com alguns apontamentos manuelinos. Possui torre de menagem de planta quadrada, uma única abertura a sul e duas portas, a Porta do Castelo e a Porta Falsa.

A muralha assenta diretamente no afloramento granítico em vários locais e não possui merlões. Possui quatro portas de entrada: Porta da vila, Porta Nova, Porta Falsa e outra Porta Falsa junto ao castelo. Possui também uma torre, a Torre do Facho.

As tropas napoleónicas que por aqui passaram, na sequência dos combates travados, dinamitaram parte da muralha do castelo.

É possível subir à muralha e percorrê-la admirando a fantástica vista que oferece.

 

Casa com Janela Manuelina

Janela manuelina com um arco canopial inciso no lintel exibida num edifício residencial de planta retangular, com dois pisos e escada exterior.

Casa Nº 1

A sua possível construção corresponde aos séculos XVI-XVIII, possui influências vernaculares e classicistas e pertenceu aos Ferreira Ferraz, antigos alcaides de Sortelha. O nome do edifício advém de uma inscrição que possui numa das portas do piso térreo.

Casa dos Falcões

Edifício localizado em frente à Fonte de Mergulho do século XVI, com remodelações no século XVIII, sofreu influências vernaculares. Possui planta quadrangular com dois pisos.

Porta da Vila

Esta Porta orientada a Nordeste era a principal do burgo amuralhado. Foi construída numa fase posterior à muralha original e nela destacam-se um notável conjunto de pedras sigladas no lado exterior direito.

Fonte da Azenha

Fonte com bica em forma de canal e tanque retangular escavado na rocha.

Fonte de Mergulho

Encimada por uma Alminha/ Cruzeiro, a Fonte de Mergulho apresenta um arco em abóboda de berço e encontra-se fechada.

Residência Paroquial ou Passal

Situado na Rua Direita, é um dos melhores imóveis e foi residência paroquial no passado. Data do século XVI e sofreu remodelações em 1756.

Torre do Facho

É a única torre adossada à muralha construída para aumentar o campo de visão da fortificação.

Torre Sineira

É uma torre implantada no topo de um penedo em frente à fachada principal. Trata-se de uma construção arcaica, acessível por uma escadaria com degraus talhados na rocha. Possui duas ventanas com sinos.

Para Comer

Restaurante D. Sancho

Este restaurante está situado numa das casas típicas de Sortelha no interior da muralha, no Largo do Corro. Tem para oferecer pratos tradicionais centenários da região como, Veada Guisado, Arroz de Lebre, Perdiz Estufada, Caldeirada de Cabrito, Javali Guisado, entre outros.

Tem capacidade para 50 pessoas, encerra ao domingo ao jantar e à segunda-feira e preço médio é de 22€.

T. 271 388 267

Mais informações aqui

 

Restaurante O Celta

Localizado numa das saídas de Sortelha, em direção ao Sabugal, este restaurante apresenta uma carta composta também por pratos típicos como, Ensopado de Borrego, Arroz de Lebre, Bife de Javali, entre outros.

Tem capacidade para cerca de 120 pessoas, encerra às terças-feiras e  o preço médio é de 14€.

Te. 271 388 291

Mais informações aqui

 

Para Dormir

Casa da Lagariça

Casa do Século XVIII situada na Calçada de Santo Antão. O nome advém do facto de ter existido no seu interior uma lagariça – depósito em pedra para esmagar e fermentar as uvas na época das vindimas. Possui 3 quartos (2 de casal e 1 duplo), 2 casas de banho, 1 cozinha equipada, 1 sala com sofá-cama, TV e lareira e capacidade para 8 pessoas.

T. 271 388 116

Mais informações aqui

Share this post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Sobre

Olá, somos a Carla, o Leonel, a Sofia, a Francisca, e adorámos partir à descoberta do mundo juntos!

Aqui, partilhámos os vários destinos que já visitamos, os hotéis onde ficamos hospedados e os restaurantes que experimentámos. Queremos inspirar quem nos visita, a viajar e a experimentar, pois consideramos que a vida é uma soma de experiências e uma constante procura. Nesta procura, buscamos locais, espaços, gastronomia, cultura, pessoas e, acima de tudo, a felicidade que é poder conhecer, valorizar e preservar o mundo maravilhoso que temos.

Artigos Recentes

Like Us on Facebook

Follow me on Instagram