Destinos


 

Aldeias do Xisto - Ferraria de São João e Casal de São Simão

#Continuandoàprocura de experiências feitas de história, religião, arquitetura, gastronomia, ecologia e cultura, o património das Aldeias de Xisto, proporciona-nos tudo isto.

O projeto Aldeias de Xisto partiu da simples ideia de dinamizar o turismo na Região Centro através do aproveitamento dos recursos naturais e humanos existentes nestes locais. Com o apoio deste programa as aldeias reinventaram-se e convidam todos a visitarem e descobrirem uma região que é um tesouro nacional.

No verão de 2019, mais uma vez, decidimos partir à descoberta destas fantásticas aldeias, são muitas, são 27 agrupadas por regiões. Continuando pelas da Serra da Lousã, visitámos Ferraria de São João e Casal de São Simão. Até ao momento, na nossa opinião, Casal de São Simão é das mais bonitas Aldeias do Xisto.

Património  

Descobrir a arquiteturas destas casas, saber como surgiram os seus nomes, conhecer as pessoas, ouvir as suas histórias, compreender as suas crenças, observar como vivem e do que se ocupam, provar os pratos típicos, olhar em volta das pastagens verdes, conhecer a arte e os artistas é aventurarmo-nos no conhecimento e na valorização de uma região fantástica.

Cultura

A cultura, intrínseca de cada povo e decorrente de séculos de história, está patente em cada família, esquina e festa da aldeia. A cultura é feita também de eventos que promovem o conhecimento e que atraem participantes e espetadores, reforçando as formas tradicionais de animar o povo. Tem-se vindo a recuperar estes hábitos antigos.

Caminhos de Xisto e Centros de BTT

A envolvente natural fantástica proporciona o contacto com os Caminhos de Xisto, que são percursos pedestres de pequena rota. Os traçados destes circuitos acompanham muitas vezes antigos trilhos usados por moleiros, agricultores e mineiros.

Os Centros de BTT das Aldeias de Xisto são infraestruturas desportivas permanentes dotadas de equipamentos dedicados exclusivamente aos praticantes de BTT. Estes locais estão apetrechados com estacionamento, balneários, estação de serviços para bicicletas e oferecem uma rede de trilhos do tipo Crosscountry, DownHill ou FreeRide, com quatro níveis de dificuldade adequados a todos os tipos de utilizadores.

Gastronomia

Apostando nas tradições culinárias das Aldeias de Xisto, promoveu-se a criação da Carta Gastronómica das Aldeias de Xisto, rebuscando os cantos da memória dos habitantes destas aldeias, para se criarem 153 receitas típicas desta região.

Também os restaurantes das aldeias mantém a autenticidade e qualidade máxima no que diz respeito ao ambiente, arquitetura, decoração, preços, variedade de vinhos e animação.

Turismo Ativo

Existem infinitas possibilidades de lazer nas Aldeias de Xisto. Estas criaram um calendário de eventos anual diversificado e profundamente enraizado no que há de melhor e mais genuíno neste território.

Aqui há percursos pedestres e BTT, canoagem, DownHill, trail running, etc. Nas praias fluviais há torneios de voleibol e nas rochas escalada e rapel. Surpreenda-se ainda com os ciclos gastronómicos e recriação de tradições antigas. Desfrute de alojamento de excelência e restaurantes de alta qualidade. Acompanhe a mudança das estações, amasse o pão, vá com os rebanhos e faça o queijo, ouça a música e a poesia e veja teatro.

Localizada na transição do distrito de Coimbra para o de Leiria, a Serra da Lousã esconde tesouros fabulosos. A beleza das suas paisagens, a vertente cultural e humana das Aldeias do Xisto, fazem desta região, uma região única.

Na Serra da Lousã habitam muitas das espécies de fauna e flora, das quais de destacam os veados, os javalis e os corços, as espécies de azinheiras, sobreiros, castanheiros, carvalhos e pinheiros, numa zona conhecida por ser profundamente transposta por linhas de água.

A Este sobressai o colossal Penedos de Góis, um local deslumbrante com miradouros sobre a paisagem beirã e o Alto do Trevim, o ponto mais alto da Serra da Lousã, com  1204 m, onde está o famoso baloiço que desliza sobre a paisagem.

FERRARIA DE S. JOÃO

Ferraria de São João conjuga a ruralidade e o turismo ativo, o xisto e o quartzo. O material de construção predominante é o quartzito, embora algumas fachadas dos edifícios se encontrem rebocadas e pintadas de branco.
Conhecemos o magnífico sobreiral, o conjunto de currais tradicionais, o Caminho do Xisto, o Centro de BTT, e ainda há um FunTrail para os mais pequenos e muitos trilhos na Natureza.
Um dos projetos de maior sucesso da aldeia está a ser promovido pela Associação de Moradores que é a adoção de sobreiros. Na Ferraria de São João existe um Sobreiral centenário. A Associação de Moradores tem vindo a adquirir sobreiros com o intuito de os preservar e manter o espaço como público e para usufruto de todos.

          

Para financiar não só a aquisição, mas principalmente a sua manutenção e gestão foi lançado então um programa de adoção, cujas vantagens para o adotante são:
- Personalizar o seu sobreiro com 3 símbolos
- Período de adoção: 9 anos
- Direito de opção sobre 50% do valor da venda da cortiça do sobreiro
(durante esse período)
- Usufruto da sombra do sobreiro
- Oferta de mensalidades de associado
- Participação na atividade anual dos adotantes
- Contributo para a gestão do sobreiral
- Diploma de adoção

As árvores foram divididas nas tipologias pequeno, médio e grande, tendo em conta o tamanho e a idade, sendo que o valor da adoção corresponde a €40, €60 e 80 euros. Muito interessante esta causa. Para adotar basta enviar um email para associacaofsj@gmail.com

Para Ver

          

Capela de São João

Pequeno templo de linhas sóbrias, sem elementos decorativos.

Alminha

Nicho encastrado no muro na rua que desce para o centro da povoação, com a inscrição em cimento MS 1969 e pintura sobre chapa metálica representando as almas no Purgatório.

          

Currais

O conjunto de currais corresponde a um dos mais numerosos que ainda existe em Portugal onde em tempos se guardavam mais de mil cabeças do rebanho comunitário.

Eira

No centro da aldeia ainda existe uma eira, em bom estado de conservação, cujo pavimento é em lajes de calcário.

Para Ficar

Casa do Zé Sapateiro

A Casa foi totalmente recuperada e preparada para receber até 14 ocupantes. Possui uma sala de estar, uma sala de jantar, um pátio interior, seis quartos duplos e uma suite, todos equipados com casa de banho privativa e aquecimento. Por quarto, o preço ronda 65€/noite.

Casas do Favacal

As Casas do Favacal dispõem de acomodações de estilo rústico e disponibiliza uma piscina exterior rodeada por um jardim e árvores de fruto.

As casas construídas em pedra oferecem vistas para a piscina. A sala inclui uma salamandra para os dias mais frios e há uma televisão e aquecimento em todos os quartos.

Todos incluem uma kitchenette equipada com um micro-ondas e um frigorífico, que os hóspedes podem usar para preparar as suas refeições.

Há duas casas com dois quartos e uma com um quarto e comodidades para churrascos.

Vale do Ninho Houses

As unidades incluem um pátio, ar condicionado, uma televisão de ecrã plano e uma casa de banho privativa com chuveiro e um secador de cabelo. Todas as unidades possuem uma área de estar e de refeições.

Os hóspedes podem nadar na piscina exterior, fazer caminhadas ou andar de bicicleta, usufruir do parque infantil, relaxar no jardim e utilizar as comodidades para churrascos.

Há uma vila com dois quartos, um estúdio para quatro pessoas e um estúdio familiar para cinco pessoas.

CASAL DE S. SIMÃO

Para nós, uma das mais bonitas Aldeias do Xisto. Aqui, os novos aldeões que vieram da cidade trouxeram uma nova vida a estas paragens, tendo reconstruído as casas com as próprias mãos.
A aldeia é pequena e traduz-se praticamente numa só rua. Situa-se num dos flancos da crista quartzítica que dá origem às Fragas de São Simão e possui o templo mais antigo do concelho de Figueiró dos Vinhos.
O material predominante é o quartzito, decorrente da implantação do povoado na lateral de uma crista deste material, o que confere à aldeia uma beleza encantadora!

          

Local de lendas e de superstições, Casal de S. Simão era local de pecuária e de pesca, contando também, já no séc. XIX, com múltiplos lagares de azeite e moinhos de vento, aproveitando a sua posição cimeira.

Os anos 50 a 70 trouxeram a desertificação da aldeia, que apenas voltou a recuperar a partir dos anos 90. Hoje é uma das aldeias mais vivas e hospitaleiras.

Rica em fauna com aves como a águia-real e em flora com castanheiros frondosos, carvalhos e azevinhos, Casal de S. Simão tem uma vista panorâmica sobre as colinas em redor, e uma praia fluvial fantástica junto à impressionante fraga granítica de São Simão. São paisagens rurais únicas, de cortar a respiração!

Para Ver

          

Ponte de São Simão

Pensa-se que a ponte é do período romano, contudo, o tráfego automóvel provocou alterações significativas no seu tabuleiro, que lhe alteraram a configuração primitiva.

Casa particular

Talvez uma das mais antigas da aldeia, tem gravada na face exterior da padieira a data de 1701.

Fontanário

A água provém de uma nascente situada na encosta do outro lado do vale. Está datado de 1939.

          

Ermida de São Simão

Datada do séc. XV, localiza-se à entrada da aldeia, quase no topo do Monte de S. Simão.
É dedicada a este santo, que está no altar-mor, e a S. Judas Tadeu. A ermida possui uma inscrição gótica (séc. XV) com o seguinte teor “Esta capela mandou fazer João Vicente, Prior de Aguda, criado do Conde D. Fernando e foi acabada na era de 1458”.

Eira e forno

São testemunhos de um passado de atividade agrícola e de práticas de autossubsistência da aldeia.

Praia Fluvial das Fragas de São Simão

          

Envolta numa vegetação densa e luxuriante, bem próximo da aldeia, fica a praia fluvial com águas límpidas da ribeira de Alge. Neste local existe um miradouro para observar o que de melhor esta aldeia tem para lhe oferecer, as fragas e a praia fluvial. Uma beleza incomparável!

Para Ficar

Agroturismo Quinta da Fonte

Esta casa de campo está situada em Fontainha, numa zona de grande beleza paisagística. Possui 2 quartos. Em média, o preço por pessoa fica a 35€/noite.

Na Quinta da Fonte pode-se dormir num quarto, numa tenda ou numa caravana.
As refeições são biológicas e servidas na esplanada ou no bar rústico que também é utilizado como sala.
Liedewig e Jolein pensaram em tudo para que os hóspedes tenham uma excelente estadia: percursos pedestres sinalizados nos arredores da quinta, workshops de pintura, de produção de sabão de azeite, ou de compotas e doces caseiros, pescar ou nadar no rio Zêzere.

Casa Velha

A Casa Velha está situada a poucos quilómetros de Casal de São Simão e dispõe de um restaurante, de comodidades para churrascos e de um terraço.

Esta casa de férias inclui 2 quartos, uma cozinha com uma máquina de lavar louça e um micro-ondas, uma televisão de ecrã plano, uma área de estar e 2 casas de banho.

Os hóspedes desta casa de férias podem desfrutar de um pequeno-almoço continental.

Casa Amarela

A Casa Amarela foi completamente reconstruída em 2010 e apenas é alugada em regime de exclusividade, podendo albergar até quatro pessoas. Não é servido o pequeno-almoço, mas há miminhos na cozinha que está completamente equipada.

Propositadamente não há estações de TV, mas na sala poderá ver um DVD (dos existentes ou dos seus), ouvir um CD ou simplesmente descansar.

          

 

#Galeria