Carla & Leonel

Carla & Leonel

As Melhores Praias do Barlavento Algarvio

O Algarve é um destino único de praia em Portugal. Sabemos que é uma tarefa muito difícil escolher onde ir, pois esta é uma região repleta de belíssimas praias, no entanto, aqui fica uma seleção das melhores praias do Barlavento Algarvio.

 

Praia do Martinhal – Vila do Bispo

O Martinhal situa-se para nascente da vila de Sagres, a cerca de 2Km e, embora ainda beneficie do abrigo proporcionado pela ponta da Baleeira, por vezes, tornar-se bastante ventoso quando a nortada entra pelo amplo vale que antecede o areal.
As águas são, porém, muito calmas, de um azul verdadeiramente incrível, que convidam à prática de windsurf e de mergulho, sendo frequentes as visitas subaquáticas aos cénicos ilhotes de natureza calcária que se situam ao largo da praia, afamados pelas suas grutas submarinas e vida marinha.
A praia é essencialmente arenosa, de cor muito clara, com dunas altas no centro do praia e vegetação de sapal a estender-se para o interior do vale. No lado nascente as arribas marcam a paisagem, local onde existem as ruínas dum importante centro oleiro romano e, nos ilhotes, vestígios de tanques para salga de peixe.
Para nascente do Martinhal, surge um pequeno areal deserto, com acesso pedonal através da urbanização do Martinhal. Trata-se da Praia dos Rebolinhos que deve o seu nome ao calhau rolado que a preenche, os chamados “rebolinhos”.

O acesso está alcatroado e faz-se através da Urbanização do Martinhal em Sagres, seguindo na direção da praia durante cerca de 2 km. O estacionamento é amplo e informal, em terra batida. Possui ainda equipamentos de apoio (restaurantes, wc, apoios balneares e recreativos) e vigilância na época balnear apenas na Praia do Martinhal.

 

Praia do Zavial – Vila do Bispo

Esta praia localiza-se no final de um grande vale, onde desagua a Ribeira dos Outeiros. O passadiço de madeira que dá acesso à praia acompanha o troço final de uma pequena ribeira, cuja vegetação ribeirinha e seixos chegam perto da linha da maré. Na margem da linha de água existe um denso bosque de eucaliptos muito perto do areal.

Conhecida principalmente pelas ondas convidativas à prática de surf e todo o tipo de desportos aquáticos, a praia do Zavial tem também muita história para oferecer.

Na falésia, a pouca distância, encontram-se as Ruínas do Forte e da Bateria do Zavial, com data de século XVII. Para além disto, está rodeada por falésias altas que a abrigam dos ventos, protegendo os veraneantes. As falésias formam bancadas calcárias revestidas por exuberantes matos costeiros. Na entrada da praia o areal é amplo e forma-se uma pequena duna revestida por feno-da-praia perto da foz da ribeira.

O acesso está alcatroado e faz-se a partir da povoação da Raposeira (EN 125), seguindo na direção do Zavial durante cerca de 4 km. O estacionamento é ordenado, de média dimensão. Possui equipamentos de apoio (restaurante, wc e apoio balnear) e vigilância na época balnear.

 

Praia da Salema – Vila do Bispo

Esta praia está associada à povoação da Salema, pequena vila piscatória. A parte central da praia está, portanto, ocupada por embarcações e respetivas artes de pesca. É assim possível observar o regresso dos barcos depois da faina e petiscar alguns dos melhores peixes.

Na Salema existem ruínas de uma “villa” romana e de uma fábrica de conservas de peixe, o que atesta a longa tradição piscatória do local.
A praia tem um agradável passeio marginal e algumas esplanadas sobre o mar. O areal é amplo, com mais de 1 km de extensão, e caminhando para nascente a praia torna-se mais isolada e tranquila, enquadrada por arribas ocres muito esculpidas. Podem observar-se, nestas paredes rochosas, pegadas de dinossauros carnívoros bípedes que povoaram esta região há cerca de 140 milhões de anos.

O acesso é alcatroado e faz-se a partir da povoação da Salema (sinalizada na EN 125). O estacionamento é ordenado, de média dimensão, junto à praia e no topo da arriba poente (acesso ao areal através de escadaria de madeira). Possui diversos equipamentos de apoio (restaurantes, wc, apoio balnear e recreativo) e vigilância na época balnear.

 

Praia do Burgau – Vila do Bispo

Esta praia está integrada na povoação do Burgau, uma praia de caráter urbano, cujo areal se estende ao longo de uma pequena enseada abrigada que funciona como porto piscatório e onde ainda se praticam formas artesanais de pesca, sendo utilizadas artes como o alcatruz, a rede de amalhar ou o aparelho de anzol.
Para nascente, a arriba acinzentada eleva-se, talhada em calcários e margas e muito ravinada pela escorrência das águas, marcando a paisagem.

O acesso é alcatroado e faz-se a partir da povoação do Burgau (sinalizada na EN 125). O estacionamento é ordenado, mas de pequena dimensão junto à praia, sendo muito difícil ali estacionar. Possui equipamentos de apoio (restaurantes, wc, apoio balnear e recreativo) e vigilância na época balnear.

 

Praia da Luz – Lagos

Praia da Luz está localizada a 7 km de Lagos, na vila da Luz, uma aldeia piscatória, associada a uma povoação de veraneio muito cosmopolita.

A marginal acompanha a frente de mar, oferecendo esplanadas solarengas e muita animação durante o verão. Ladeada por grandes palmeiras, esta via funde-se a poente com as muralhas da fortaleza originalmente construída para proteger a Igreja da Luz dos ataques de piratas do norte de África.
No sopé da muralha, já na praia, uma extensa plataforma rochosa de cores quentes e muito esculpida pelo mar exibe fósseis marinhos e alguma da vida da faixa entre-marés: anémonas, lapas, búzios e algas coloridas.
Para nascente a arriba eleva-se, talhada em calcários e margas e muito ravinada pela escorrência das águas. Nesta arriba esbranquiçada, uma formação rochosa muito escura sobressai na paisagem: é a chamada Rocha Negra, um filão vulcânico da Serra de Monchique que se estendeu até ao mar. Esta baía de águas calmas é propícia à prática de desportos náuticos: windsurf, kitesurf, canoagem ou mergulho.

A praia está dividida em duas partes, uma com areia fina e branca, característica da região do Algarve e outra com rochas, a água é limpa e transparente e está qualificada com uma Bandeira Azul.

Acesso é alcatroado e faz-se através da povoação da Luz (sinalizada na EN 125). O estacionamento é ordenado, mas de pequena dimensão junto à praia. Possui diversos equipamentos de apoio (restaurantes, wc, apoios balneares e recreativos) e vigilância na época balnear.

 

Praia de Porto de Mós – Lagos

A praia nasce num vale amplo e aberto, formando um extenso areal enquadrado nas extremas por arribas altas. Do Miradouro da Atalaia, avista-se a linha de costa até Sagres.
Para poente dominam os cinzentos-claros, as arribas são talhadas em margas (calcários com elevado teor de argila) muito laminadas e sustidas em equilíbrios precários. Na época húmida acumula-se na base da arriba espessa camada de argila, a qual os locais dizem possuir propriedades medicinais. Na face da arriba crescem plantas bem-adaptadas à salsugem como a salgadeira, a barrilha e a valverde-dos-sapais, ou caniços nos locais que evidenciam escorrências de água.
Para nascente as arribas exibem tons ocres, muito quentes, e avistam-se já as formações rochosas que configuram a Ponta da Piedade.

O acesso é alcatroado e faz-se a partir de Lagos seguindo as indicações para “praias”, na direção de Porto de Mós. O estacionamento é amplo e informal, em terra batida. Possui diversos equipamentos de apoio (restaurantes, wc, apoios balneares recreativos) e vigilância na época balnear.

 

Praia do Camilo – Lagos

O topo da arriba oferece, desde logo, uma fabulosa vista panorâmica sobre a linha de costa entre Lagos e Albufeira, com uma ampla perspetiva sobre o oceano Atlântico. O acesso ao pequeno areal, rodeado de falésias, faz-se por uma longa escadaria de madeira, percorrendo uma zona de matos com plantas típicas do barrocal algarvio: carrascos, aroeiras, roselhas e sargaços. Uma enorme formação rochosa divide o areal, impressionando os tons ocres e o rendilhado das arribas talhadas em calcarenitos, onde se podem apreciar relevos típicos do carso como leixões, arcos e grutas.

O acesso é alcatroado e faz-se a partir de Lagos seguindo as indicações para “praias” e Ponta da Piedade. A Praia do Camilo está sinalizada. O estacionamento é ordenado, mas de pequena dimensão. Possui equipamentos de apoio (restaurante e wc) e vigilância na época balnear.

 

Praia Dona Ana – Lagos  

A praia Dona Ana em Lagos, no Algarve, é sem dúvida uma das mais bonitas de Portugal e está localizada numa zona com diversos equipamentos hoteleiros. Recentemente sofreu obras de requalificação com uma alimentação artificial de areia com vista a aumentar a segurança dos banhistas.

A praia é constituída por falésias estratificadas, muito íngremes e coloridas que fazem uma pequena baía na qual se observam águas cristalinas fantásticas bastante pacíficas. É possivelmente a praia mais abrigada de todas as praias de Lagos, o acesso faz-se por um longo lance de degraus e por ser um pouco pequena facilmente fica lotada de pessoas.

Antes de se iniciar a descida para a praia, vale a pena alongar o olhar no pequeno miradouro e contemplar a linha de costa e as curiosas formações rochosas esculpidas pelas águas doces e salgadas: leixões, algares e grutas. Nos leixões dispersos pelo horizonte brilham inúmeros pontos brancos: gaivotas, garças ou guinchos repousam nestas plataformas. Plantas com adaptações especiais à salsugem, como a barrilha ou a salgadeira, revestem as paredes rochosas.
Já dentro de água, um passeio de máscara e barbatanas revela um colorido diferente: algas, anémonas, estrelas-do-mar, ouriços, camarões ou cardumes de pequenos peixes, povoam os blocos rochosas imersos.

Acesso é alcatroado e faz-se a partir de Lagos seguindo as indicações para “praias” e Ponta da Piedade. A Praia D. Ana está sinalizada. O estacionamento é amplo e ordenado. Possui equipamentos de apoio (restaurante, wc e apoio balnear) e vigilância na época balnear.

 

Praia dos Estudantes e Batata – Lagos

As arribas rebaixam um pouco nesta praia e estão revestidas por caniços, salgadeiras e valverde-dos-sapais. O areal encontra-se abrigado por formações rochosas que se prolongam mar adentro Nestas arribas foram escavados à mão túneis: um a sul, dando acesso a uma pequena enseada onde se construiu uma curiosa passagem em arco para fazer a ligação de um leixão a terra; outro a norte, ligando a Praia dos Estudantes à vizinha Praia da Batata. Nestes espaços a atmosfera é húmida, carregada de sal, e a maresia intensa.

O acesso é alcatroado e faz-se a partir da Av. dos Descobrimentos em Lagos. O estacionamento é ordenado, mas de pequena dimensão, junto à praia. Possui restaurante e wc no topo da arriba. Não possui vigilância balnear.

 

Meia Praia – Lagos

O extenso e brilhante areal da Meia Praia acompanha a ampla baía de Lagos, desde o molhe norte da ribeira de Bensafrim até ao molhe poente da Ria de Alvor, por mais de 5Km.
É constituído por dunas baixas e colinas suaves e muito verdes que se estendem para o interior, revestidas por pinhal e matos de barrocal, aos quais se juntam alfarrobeiras e oliveiras. Possui passadiços sobrelevados que percorrem as dunas, permitindo a preservação da vegetação, onde se observam plantas como o feno-das-praias, o estorno, o cardo-marítimo, o trevo-de-creta e o narciso-das-areias.
Ali, os desportos náuticos e de praia, windsurf, kitesurf, vela, voleibol de praia, futebol de praia, estão favorecidos.

O acesso é alcatroado e faz-se a partir de Lagos, seguindo na direção da marina. A Meia Praia está sinalizada. O estacionamento é amplo e em parte ordenado. Possui diversos equipamentos de apoio (restaurantes, wc, apoios balneares e recreativos) e vigilância na época balnear.

 

Praia do Alvor – Portimão

Esta praia situa-se na ampla baía de Lagos, inserida na península arenosa que se estende durante mais de 3,5 km para nascente da barra da Ria de Alvor. As barreiras arenosas do Alvor possibilitam a existência de uma laguna interior com bancos de sapal e canais de águas calmas. Este habitat é um santuário para inúmeras espécies de aves aquáticas, residentes ou de passagem, funcionando também como maternidade para muitas espécies de peixe e de moluscos (dos bivalves ao choco e ao polvo) de elevado valor económico.
A barreira arenosa é imensa, com areal a perder de vista, apesar de quentes e áridas, as dunas abrigam diversas espécies de aves, micromamíferos, répteis e muitos insetos. Para o interior as areias vão cedendo lugar aos sapais e surge a laguna, onde ancoram veleiros e barcos de pesca artesanal, na margem da qual se situa a pitoresca vila piscatória do Alvor.

O acesso é alcatroado e faz-se a partir da povoação do Alvor (sinalizada na EN 125). O estacionamento é amplo e ordenado, tanto junto à praia, como junto às casas de aprestos do porto de abrigo (entrada norte para o percurso de natureza do Alvor). Possui diversos equipamentos de apoio (restaurantes, wc, apoios balneares e recreativos) e vigilância na época balnear.

 

Praia do Carvoeiro – Lagoa 

A praia do Carvoeiro, junto à pequena vila com o mesmo nome, muito pitoresca, insere-se numa pequena baía de águas transparentes, um local, ainda que de dimensões reduzidas, abrigado do vento.

A povoação, muito branca e luminosa, dispôs-se em anfiteatro nas arribas circundantes.  Os caminhos pedonais e miradouros existentes no topo das arribas oferecem oportunidades de passeio e magníficas vistas panorâmicas sobre as arribas e o oceano. A praça central surge no seguimento do areal e constitui um atrativo espaço de convívio e de comércio.

Trata-se de uma lindíssima praia, muito frequentada, detentora da Bandeira Azul, na qual é comum a presença de embarcações dos pescadores e de alugar para visitar as grutas.

Carvoeiro fica situado numa das faixas costeiras mais interessantes do Algarve, local de imensas grutas e fantásticas falésias rochosas.

O acesso é alcatroado e faz-se a partir de Lagoa, seguindo a indicação para “praias” durante cerca de 5 km. A praia está sinalizada. O estacionamento é ordenado, mas limitado na proximidade da praia. Possui diversos equipamentos de apoio (restaurantes, wc, apoios balneares e recreativos) e vigilância na época balnear.

 

Praia do Vale de Centeanes – Lagoa

Esta lindíssima praia estende-se para poente e está ladeado por arribas imponentes e muito esculpidas. Na base das paredes rochosas existem grutas escavadas pelo mar, a face da arriba encontra-se finamente ravinada com sulcos por onde escorre a água das chuvas. A acompanhar o areal, existe um largo passadiço, acompanhando uma plataforma rochosa, onde se observam plantas típicas das arribas e fósseis marinhos.
Mesmo junto à praia de Vale Centeanes existe uma escadaria de madeira marca o início/ fim de um percurso de natureza fabuloso, o Percurso dos Sete Vales Suspensos, e leva o visitante ao topo da arriba nascente, revestida por exuberantes matos litorais e de onde se admira a fabulosa vista sobre a linha de costa.

O acesso é alcatroado e faz-se a partir de Lagoa ou do Carvoeiro, seguindo a indicação para “praias”. A praia está sinalizada. O estacionamento é ordenado, mas de pequena dimensão. Possui equipamentos de apoio (restaurante, wc, apoio balnear e recreativo) e vigilância na época balnear.   

 

Praia do Carvalho – Lagoa

Esta lindíssima praia encontra-se muito escondida entre imponentes falésias, sendo acessível por uma escadaria num túnel escavado nas paredes rochosas ocres e muito trabalhado pela erosão, onde se avistam fósseis marinhos. Alguém cavou de bom grado não só o túnel, mas também inúmeros pórticos e até um espaço para um bar, mesmo na falésia. 

O desfiladeiro que antecede a praia é verdejante e abriga densos matagais costeiros onde predominam o zimbro, a aroeira e o palmito, a única palmeira nativa da Europa. Um emaranhado de salsaparrilhas cresce profusamente nos arbustos, que são coloridas com líquenes na estação chuvosa. Plantas típicas de penhasco, como o asterisco colorido, crescem na rocha calcária exposta ao salitre.

O acesso é asfaltado e faz-se a partir de Lagoa, seguindo a sinalização “praias”. A praia está sinalizada. O parque de estacionamento é organizado, de média dimensão na urbanização Algarve Clube Atlântico. Existe estacionamento gratuito, em terra batida, a cerca de 300 metros da Urbanização Terraços de Benagil. Não possui serviços complementares e, normalmente, não conta com salva-vidas. 

 

Praia de Benagil – Lagoa

A praia surge no fundo de um vale muito cavado, junto ao pequeno porto de pesca. A povoação piscatória que batiza a praia dispõe-se em posição altaneira no topo da arriba. O acesso à praia desemboca na zona reservada às embarcações de pesca e das visitas às grutas marinhas e praias selvagens da região.

O areal estende-se para nascente até à imponente arriba de tons ocres, talhada em rochas carbonatadas muito ricas em fósseis marinhos, também chamadas de concheiros, que testemunham uma época pretérita em que o nível do mar se encontrava mais para o interior. Estas rochas encontram-se agora muito esculpidas e modeladas pela ação da água da chuva (que promove a dissolução da rocha calcária) e da força mecânica do mar. Em Benagil são visíveis modelados rochosos típicos das paisagens cársicas, como grutas ou algares em corte, na face da arriba.

O acesso é alcatroado e faz-se a partir de Lagoa ou então da EN 125, virando para sul junto à Escola Internacional do Algarve e seguindo as indicações para a praia. O estacionamento é na berma da estrada. Possui restaurante e wc próximo da praia r habitualmente não possui vigilância balnear.

Quem pretender uma experiência de praia diferente, poderá alugar um barco ou uma canoa e dirigir-se para a Gruta de Benagil, pois esta possui um pequeno areal, contudo, com pouco sol, uma vez que esta se encontra num algar.

 

Praia da Marinha – Lagoa

Esta belíssima praia, localizada numa das mais incríveis enseadas do Algarve, é acessível por uma enorme escadaria implantada nas arribas calcárias de tons quentes, muito fraturadas e fissuradas, exibindo uma diversidade notável de curiosos modelados rochosos: arcos, grutas, leixões e algares. Também a diversidade de habitats marinhos é assinalável: ambientes rochosos e campos de ervas marinhas abrigam coloridos ouriços e anémonas, cardumes de sargos e safias, curiosos polvos e chocos, ou delicados cavalos-marinhos. É nesta praia que tem início/ fim o lindíssimo Percurso dos Sete Vales Suspensos.

O acesso é alcatroado a partir de Lagoa ou então da EN 125, virando para sul junto à Escola Internacional do Algarve e seguindo as indicações para a praia. O estacionamento é amplo e ordenado. Possui equipamentos de apoio (restaurante e wc) e vigilância na época balnear.

 

Praia de São Rafael – Albufeira    

A praia de S. Rafael é uma das mais bonitas da região algarvia, está localizada a cerca de 6Km de Albufeira e possui um areal de fina areia branca, e águas azul turquesa que deliciam os banhistas. Está enquadrada por arribas calcárias de tons quentes, pinhais e grandes arbustos de aroeira. Na zona central dentro do mar encontram-se algumas formações rochosas dispersas e nas pontas das falésias existem dois enormes leixões. As águas transparentes permitem a exploração da vida marítima junto das rochas submersas, um local de beleza ímpar à qual ninguém fica indiferente.

O acesso é alcatroado e faz-se a partir da estrada que liga a povoação da Guia à Galé, seguindo a sinalização para a praia. O estacionamento é amplo e ordenado. Possui equipamentos de apoio (restaurante, wc e apoio balnear) e vigilância na época balnear. 

  

Praia dos Arrifes – Albufeira

A praia dos Arrifes é uma praia pequena e familiar, composta por uma pequena enseada entre arribas, onde se pode ver poços naturais e vários arcos nas rochas, descobrindo até algumas grutas na falésia. Três enormes leixões dominam a linha do horizonte. Por este motivo esta praia é designada localmente por Três Penecos. A área envolvente à praia encontra-se revestida por uma mancha de pinhal e vaste vegetação.

̇O Parque de estacionamento é em terra batida não ordenado, o acesso à praia é feito através de escadas em madeira, possui restaurante, WC e vigilância na época balnear. A circulação de carros sobre o topo da arriba encontra-se fortemente condicionada, de modo a minimizar a desestabilização da arriba.

 

Praia de Santa Eulália – Albufeira 

A Praia de Santa Eulália é uma praia de arribas baixas e encontra-se cercada por um pinhal verdejante. O areal é amplo com muitos recantos resultantes das formações rochosas.

O desmoronamento de uma arriba nesta praia no início de abril de 2013 levou a Administração da Região Hidrográfica do Algarve (ARH) e a Agência Portuguesa do Ambiente a darem início às obras de estabilização da arriba. No entanto, a identificação de vestígios arqueológicos no topo da arriba condicionou a intervenção.

A descoberta remonta a 2004, quando a equipa de arqueólogos do Município identificou vestígios de ossadas que acreditam estar relacionadas com a Ermida de Santa Eulália, que ali existiu durante a época medieval. Foram ainda encontradas peças que pertencem a um complexo industrial do período romano, composto por tanques onde os romanos faziam a salga do peixe e confecionavam o “Garum”, um produto feito à base de vísceras de peixe, bastante apreciado na época e que era exportado para outros países. Este é um achado bastante importante pelo conhecimento que traz do longo período romano da história do Algarve Central.

O acesso é alcatroado e faz-se através da estrada que liga Areias de S. João a Olhos d´Água, seguindo as indicações para a praia. Existem dois estacionamentos: um amplo, em terra batida, a cerca de 300 m da praia, e outro ordenado junto à praia. Possui equipamentos de apoio (restaurantes, wc, apoios balneares e recreativos) e vigilância na época balnear.

  

Praia da Falésia – Albufeira 

A praia da Falésia em Albufeira é uma das nossas preferidas no Algarve.  É uma praia junto a uma enorme falésia que tem início na praia do Barranco das Belharucas e que se estende até Vilamoura.

No troço poente a arriba é altiva constituída por areias e argilas com ravinamentos acentuados. Para nascente a arriba vai rebaixando e é o desgaste da arriba que vai alimentando o areal com 5,5Km de extensão. Na base da arriba existem pequenos cones de areia, onde se vão fixando as plantas características das dunas: narciso-das-areias, couve-do-mar, cravo-das-areias, trevo-de-creta e cardo-marítimo.

No topo da arriba, que se eleva a 40 metros de altura, existe um bosque de pinheiros mansos com vários trilhos que permitem grandes caminhadas junto à linha da costa de onde é possível observar uma paisagem simplesmente fantástica.

Foi distinguida com bandeira azul e considerada a melhor praia de Portugal vencendo os prémios Travellers`Choice que distinguiram as dez melhores praias de Portugal, de acordo com as opiniões dos utilizadores de TripAdvisor. 

A praia tem acesso por uma escadaria e está acessível por estrada alcatroada. O parque de estacionamento fica junto às escadas de madeira e é pequeno e desordenado. Possui equipamentos de apoio (restaurante, wc e apoio balnear) e vigilância na época balnear. 

Share this post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Sobre

Olá, somos a Carla, o Leonel, a Sofia, a Francisca, e adorámos partir à descoberta do mundo juntos!

Aqui, partilhámos os vários destinos que já visitamos, os hotéis onde ficamos hospedados e os restaurantes que experimentámos. Queremos inspirar quem nos visita, a viajar e a experimentar, pois consideramos que a vida é uma soma de experiências e uma constante procura. Nesta procura, buscamos locais, espaços, gastronomia, cultura, pessoas e, acima de tudo, a felicidade que é poder conhecer, valorizar e preservar o mundo maravilhoso que temos.

Artigos Recentes

Like Us on Facebook

Follow me on Instagram