Carla Ferreira

Carla Ferreira

GoFree – Tudo o que precisa de saber para viajar de autocaravana

 

 

#continuandoàprocura de experiências de aventura verdadeiramente fantásticas, e cumprindo um desejo há muito pretendido, experimentamos fazer uma pequena viagem de autocaravana. Escolhemos a GoFree para realizar o nosso desejo e assim viajar de forma livre e aventureira, aliás este é o espirito da empresa com o qual muito nos identificamos, uma empresa de aluguer de autocaravanas localizada no Pinhal Novo, onde gentilmente fomos recebidos pela Maria Lucas e restantes funcionários de forma muito gentil e simpática.

A história da GoFree começa com um grupo de amigos amantes de viagens que se fez à estrada para ver o mundo. Dentro das suas autocaravanas, Maria, Afonso, Ana e Gonçalo, viram o mundo e regressaram com imensas aventuras e peripécias para contar. Os quatro amigos viram nesta forma de viajar uma forma incrível de o fazer. Então, criaram a marca GoFree, pensada ao pormenor para satisfazer as necessidades dos clientes que procuram este tipo de turismo.

 

Para além do aluguer de autocaravanas, a GoFree tem muito mais para oferecer. Assim, os 3 amigos juntaram-se a outros amigos para criarem experiências únicas, planos de férias definidos à partida, com todo o conforto e com um acompanhamento permanente. Para isso basta apenas fazer a reserva e depois aparecer no dia combinado para levantar a viatura, entretanto, a GoFree trata de tudo.

O processo de reserva é simples, envia-se um email a pedir um orçamento para o número de pessoas pretendidas, a empresa disponibiliza viaturas de 2 a 7 lugares, com as datas escolhidas e a mesma envia o orçamento. Após acordo, a respectiva folha de reserva deve ser assinada e devolvida.

Depois é só deslocar-se à localidade de Jardia, no Pinhal Novo, para levantar a viatura. Para a levantar é necessário deixar uma caução de 1500€ em cartão de crédito, o qual será devolvido no momento de devolução da mesma, se tudo estiver em ordem.

A viatura terá que ser devolvida limpa, sob o risco de ser cobrada uma taxa de limpeza, e com os depósitos da água e do gasóleo cheios.

 

Foi no início do mês de novembro que fizemos a nossa viagem. Quando chegamos à sede da empresa e, após termos assinado toda a burocracia, foram-nos dadas as instruções de funcionamento da viatura. No interior da viatura existe também um manual para qualquer informação e a empresa também está sempre ao dispor para o que for necessário.

Como já referimos a GoFree tem vários modelos. Alugámos a Ford Eliot, uma autocaravana de 5 lugares de viagem e 5 dormidas. A autocaravana tinha uma cama de casal na retaguarda sempre feita, outra basculante sobre a sala com um mecanismo eléctrico que a faz descer, e outra cama individual na mesa da sala, não tão confortável, uma vez que é feita com a mesa e sofás da sala. A autocaravana tem WC e duche separado, ou seja de um lado lavatório e sanita e do outro duche. A cozinha tem um frigorífico grande com congelador à parte, fogão com 3 bicos, lava louça e bastante arrumação. Tem também TV. A sanita e o seu esvaziamento era algo que parecia complicado, mas afinal até é fácil, basta que seja feito no local certo. No que diz respeito à água, tem um reservatório com cerca de 120 litros de água limpa. Possui ainda uma pequena garagem, um toldo e porta bicicletas. É muito completa, funcional e muito confortável.

          

                    

          

 

Depois de colocarmos a nossa bagagem na autocaravana e de termos percebido todo o funcionamento partimos, entusiasmadíssimos, em busca de mais uma aventura, de mais uma experiência.

Obrigada GoFree pelo excelente serviço, profissionalismo e pela oportunidade!

 

O que precisam de saber quando se aluga uma autocaravana GoFree:

Idade mínima e habilitação para condução:

– O locatário e cada um dos condutores terá de ter no mínimo 21 anos e possuir carta de condução B, com mais de 2 anos.

– No caso de condutor não residente na UE terá de ser portador de documento que permita conduzir internacionalmente.

– A não apresentação, no momento de levantamento da viatura, de documento válido para condução, nos termos supra referidos, implicará a anulação da reserva sem devolução de qualquer quantia já paga.

– Apenas poderão conduzir o veículo o locatário e os condutores mencionados nas condições particulares.

Preços de aluguer:

– Os preços dia de aluguer constam da tabela da locatária.

– O preço dia de aluguer inclui um limite diário de 400 quilómetros.

– O preço do aluguer inclui IVA à taxa legal em vigor.

– Os preços e os dias mínimos variam consoante a época do ano.

– O valor total do contrato de aluguer resulta da multiplicação do valor dia para a época em causa pelos dias de aluguer.

– O preço do aluguer dos equipamentos opcionais consta da lista de preços da locadora.

– O período de aluguer considera-se desde a data de entrega da viatura ao locatário até à devolução desta à locadora.

Pré-reserva e Reserva:

– Após escolha pelo locatário das datas e indicação do número de pessoas, a locadora dispõe de 48 horas para confirmar a disponibilidade de veículos.

– Após confirmação da disponibilidade de viatura, o locatário terá 24h para efetuar a reserva sob pena de a pré-reserva caducar.

– A reserva só é vinculativa após a confirmação do pagamento de 25% do montante total do contrato de aluguer.

– Após receção do pagamento a reserva é vinculativa.

– Caso o locatário rescinda da reserva já em vigor, deverá pagar as seguintes taxas de anulação:
Até 60 dias antes – 25% do valor total
Até 30 dias antes – 95% do valor total

Pagamento e caução:

– No momento da recolha da viatura, o locatário pagará o remanescente do preço do contrato de aluguer, excepto em época alta (15 de julho a 31 de agosto) em que o pagamento total é efectuado até 30 dias antes da recolha da viatura.

– O locatário pagará ainda, a título de caução e como garantia do fiel cumprimento das obrigações do contrato de aluguer, a quantia de 1.500 €, mediante cartão de crédito.

– A quantia acima referida será devolvida no prazo de 30 dias úteis após verificação do veículo para se determinar que este se encontra nas mesmas condições em que foi entregue ao locatário.

– Caso a viatura apresente defeitos por mau uso, determinar-se-á o montante que o locatário terá que pagar. Este montante será deduzido da caução depositada, aceitando o locatário o pagamento da diferença se o custo do defeito superar o valor da caução.

– No caso de não ser possível determinar os danos de forma imediata a locadora dispõe de 30 dias para efetuar a liquidação e devolver a caução ou reclamar a diferença entre esta e o custo dos danos.

– Em caso de sinistro também será deduzido da caução o montante da franquia do seguro de danos próprios.

– O locatário compromete-se ainda a pagar à locatária no momento da devolução da viatura ou em momento posterior a este desde que seja esse o momento da interpelação para pagamento por parte da locatária:
Os quilómetros adicionais cobrados segundo a tabela;
Os valores de portagens/passagens em SCUTS/estacionamentos em via Verde que resultem de passagens efetuadas pelo veículo durante o período do aluguer;
Os encargos adicionais originados pelo veículo ter sido deixado em qualquer outro local que não o convencionado para a devolução;
O montante de todas as classes de multas/custas judiciais/extrajudiciais derivadas de qualquer infração de trânsito, que sejam dirigidas contra o veículo durante o tempo de vigência do contrato de aluguer, a não ser que se tenham originado por culpa da locatária;

– Na hipótese de, por culpa do locatário, o veículo ficar retido/imobilizado todos os gastos são a seu cargo, incluindo a perda de ganhos da empresa locadora, durante o tempo que dure a imobilização do veículo.

Seguros

– A viatura encontra-se garantida por um seguro de danos próprios, com uma franquia de 2%, com as seguintes coberturas: responsabilidade civil; choque, colisão ou capotamento; furto ou roubo; incêndio, raio ou explosão; fenómenos da natureza; riscos sociais e políticos; quebra isolada de vidros e assistência em viagem.

– O locatário, em caso de sinistro, suportará o valor remanescente entre a caução e a franquia.

– Todos os danos causados na viatura, decorrentes da má utilização da mesma, serão por conta do locatário.

Entrega da viatura (check-out):

– O locatário está obrigado a seguir as indicações que a locadora lhe der aquando da entrega do veículo.

– No ato de entrega da viatura elaborar-se-á auto de levantamento da viatura, com o estado da mesma.

– Se por qualquer razão inimputável à locadora, designadamente por atraso na entrega por parte do locatário anterior/acidente/roubo/ avaria ou outra situação que indisponibilize o veículo reservado, e não for possível proceder à entrega do mesmo na data prevista, a locadora compromete-se a devolver a totalidade do valor pago pela reserva de aluguer. Nestas situações o locatário não terá direito a qualquer indemnização ou reembolso.

– A viatura é entregue com o depósito de combustível cheio.

 

Devolução da viatura:

– O veículo tem de ser devolvido com as respetivas chaves, acessórios e documentos à Locadora na estação de devolução indicada no Contrato de Aluguer, na hora e na data do termo do aluguer indicadas no Contrato de Aluguer.

– No ato de devolução da viatura elaborar-se-á auto de receção ao veículo, a ser assinado por ambos.

– Os danos que a viatura apresente, que não constem no documento correrão a cargo do locatário.

– As devoluções das viaturas ocorrem durante os horários constantes de tabelas da locadora.

– O atraso na entrega do veículo constitui a obrigação de pagar à locadora, por cada dia, inteiro ou fração, a quantia correspondente a 2 vezes a tarifa diária praticada na época do ano em que a entrega for realizada.

– Se o locatário desejar prolongar o aluguer deverá comunicar tal facto até 3 dias antes do fim do prazo do contrato inicial.

– Caso o locatário não esteja presente, por sua decisão, na inspeção da viatura desde já declara expressamente aceitar como boa a avaliação efetuada pela locadora.

– A viatura é devolvida com o depósito de combustível cheio. Caso contrário será cobrada taxa de 120 €.

– A devolução da viatura em local diferente do local de levantamento acarretará os custos constantes da tabela.

– O veículo devolver-se-á limpo no seu interior e com os depósitos de águas residuais e WC vazios. Caso contrário cobrar-se-á o suplemente de acordo com as tabelas.

– Se se verificar que o depósito de água potável foi cheio com diesel ou outro combustível, ou o depósito de diesel com água ou outro combustível, o locatário pagará uma penalização de 750 €.

– Em caso de introdução de combustível diferente do utilizado pela viatura, o locatário é responsável pelas despesas inerentes à substituição integral do combustível, desmontagem e lavagem do depósito, afinação do motor e outros danos causados à viatura, sem oposição dos seus montantes.

 

Manutenção e proibições

– O locatário reconhece que recebe o veículo em perfeitas condições mecânicas, provido de toda a documentação e com as ferramentas, pneumáticos e acessórios adequados e compromete-se a conserva-los em bom estado.

– Durante o período de vigência do contrato o locatário é responsável pelo veículo, bem como por todos os danos que este possa sofrer ou causar, tanto em pessoas como em bens, sejam na sua pessoa ou em terceiros.

– O locatário obriga-se a dar ao veículo uma utilização prudente.

– O locatário aceita que o veículo não pode ser utilizado:
para transportar mercadorias, violando os regulamentos alfandegários ou em quaisquer outras práticas ilegais;
para transporte de passageiros ou bens a troco de qualquer compensação ou remuneração;
para empurrar ou rebocar um veículo ou reboque;
em competições desportivas;
por qualquer pessoa, sob influência de álcool ou narcóticos;
para transporte de passageiros ou mercadorias em violação do que, sobre a matéria, se dispõe no documento único do veículo e nas demais regras legais aplicáveis;

– O locatário obriga-se a não circular, sem autorização da locatária, nos países fora UE; não fumar em qualquer veículo. O incumprimento de qualquer uma destas indicações dará lugar à aplicação de taxas de infração constante de tabela.

 

O cliente desobriga a locadora de qualquer responsabilidade por perda de quaisquer objetos deixados, armazenados ou transportados por si ou qualquer outra pessoa, dentro ou sobre o veículo, durante o período de aluguer ou depois da devolução do mesmo à locadora.

 

O que fazer em caso de acidente:

– O locatário concorda em proteger os interesses da locadora, em caso de acidente, durante o período deste aluguer, da forma seguinte:
avisar a locadora no prazo máximo de 24 horas, de qualquer acidente, furto, roubo ou incêndio, mesmo em caso de pequeno prejuízo e fornecer-lhe um relatório detalhado, incluindo esboços do acidente;
chamar de imediato as autoridades policiais sempre que ocorra a intervenção de terceiros ou se a viatura fique impedida de circular;
mencionar na participação as circunstâncias em que ocorreu o acidente, a data, hora, local, apontar nomes e moradas das partes envolvidas e de testemunhas, assim como matricula, marca, companhia de seguros e número de apólice do terceiro veículo;
não admitir, em caso algum, culpa ou responsabilidade;
não deixar o veículo sem ter tomado medidas adequadas de proteção.

– No caso de omissão de uma das obrigações prescritas neste contrato o cliente será responsável pelo pagamento de todas as despesas e prejuízos advenientes de acidentes.

– Ocorrendo furto ou roubo, é imprescindível a apresentação de prova documental da queixa feita às autoridades policiais, constando o carimbo desta entidade.

 

 

Algumas dicas para a viagem:

– Há imensa informação online, mas fazem falta directórios de locais com apoio de água, energia e limpeza de WC, bem como sobre locais para pernoita segura.

– O planeamento da viagem é um aspeto muito importante, torna-se muito útil definir muito bem o percurso que se quer fazer, locais a visitar e informação sobre pontos de apoio nas zonas onde se planeia ir, não esquecendo que dadas as dimensões das autocaravanas, a mesma fica impossibilitada de chegar a todos os locais.

– Levar a comida organizada, bem como a roupa facilita imenso na gestão do espaço dentro da própria viatura.

– Optar por loiça descartável, pois lavar loiça implica um gasto acrescido de água e racionar muito bem o gasto de água nos banhos, pois o depósito vai num instantinho.

– Informar-se também sobre como funciona a autonomia eléctrica da autocaravana em que viajam para não ficarem desprevenidos.

– É sempre melhor escolher locais de pernoita onde se encontrem mais autocaravanistas por causa da segurança, mas também pelo espírito.

– Ter a noção de que fazer uma viagem de autocaravana sai caro, o aluguer considero que não é caro, mas convém lembrar de que se trata de viaturas que consomem bastante gasóleo e que nas portagens pagam como veículos de classe 2. A poupança poderá ser efetuada nas refeições, uma vez que se pode cozinhar na autocaravana.

– Há grupos no facebook, como os “istas” e “1 autocaravana & 1 café” e aplicações para telemóveis sobre áreas de serviço para autocaravanas como a park4night, Campingcar infos  e a AutoC en ruta.

Mais Informações

 

Share this post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Sobre

Olá, o meu nome é Carla Ferreira. Vivo em Viseu com a minha família, o marido Leonel e as filhas Sofia e Francisca.

Somos apaixonados pelo mundo, pela Natureza, pelas pessoas, culturas e tradições. Somos inquietos, sempre com uma vontade enorme de explorar mais e mais, de estar constantemente à procura. Privilegiamos muito o conhecimento, a valorização, a preservação e a sustentabilidade do planeta Terra. 

Explorar o mundo e partilhá-lo com as pessoas são das coisas que mais gostamos de fazer.

Artigos Recentes

Like Me on Facebook

Follow me on Instagram