Carla Ferreira

Carla Ferreira

Maiorca – Ilhas Baleares

#Continuandoàprocura das mais bonitas ilhas do mundo, em julho de 2007, estivemos em Maiorca, a maior ilha do arquipélago das Baleares, Espanha, um arquipélago localizado no Mar Mediterrâneo.

Maiorca  é conhecida pelas suas concorridas estâncias balneares, as suas lindíssimas enseadas protegidas, as suas montanhas de calcário e suas ruínas romanas e mouras. Rodeada de um mar azul cristalina, com águas muito convidativas e paisagens idílicas fazem deste destino, um destino muito pretendido pelos turistas.

A ilha é caracterizada por paisagens muito diferentes. Aqui encontrámos um pouco de tudo: planícies férteis, cumes montanhosos, no norte da serra Tramuntana, e uma costa rochosa com bonitas praias e enseadas, as chamadas calas.

Geograficamente, a ilha está dividida nas seguintes regiões: A Costa Oeste é marcada pela cordilheira da Serra de Tramuntana, pequenas enseadas (calas) e aldeias muito bonitas. A Costa Leste é preenchida também por pequenas Calas. A Costa Norte é dominada por resorts e turismo de massas, com grandes extensões de areais. A Costa Sul inclui a capital, Palma de Maiorca, e as zonas mais concorridas de Maiorca, como Magaluf e El Arenal. O Interior de Maiorca é marcado por planícies secas, no entanto, possui povoações com algum interesse, nomeadamente, Inca.

Nós optámos por Can Pastilla, uma das mais movimentadas zonas da ilha.

 

Para Ver

 Cidades/ Zonas Turísticas

Cala Millor

Cala Millor está localizada no nordeste da ilha de Maiorca, um dos maiores centros turísticos da ilha. A maior atração é sua extensa praia de areia fina, com quase 2Km de extensão, águas cristalinas e um passeio que vai do início ao fim da praia. 

 

Can Picafort 

Esta localidade está situada na bonita baía de Alcúdia e inclui uma das mais badaladas praias da ilha, a praia de Muro, uma praia muito concorrida, e que conta com inúmeras estâncias hoteleiras, lojas, cafés e restaurantes.

 

Port Pollença

Port de Pollença, é um resort turístico familiar no norte de Maiorca, que no passado foi uma vila de pescadores. Atualmente possui uma grande marina que abriga mais barcos de lazer do que barcos de pesca, mas ainda é possível ver muitos ‘llaüts’ tradicionais usados ​​pelos maiorquinos para a captura de peixes.

Oferece vistas esplêndidas para o mar e um cenário de montanhas perfeitas protegido dos ventos fortes, que oferece uma grande variedade de restaurantes, bares e hotéis.

 

Magaluf e Palma Nova

Magaluf, localizada no sul da ilha, é conhecido como um dos resorts mais movimentados e concorridos, com a melhor vida noturna e animadas praias, discotecas, bares, esplanadas e restaurantes.

A praia de Magaluf é uma praia agradável, relativamente grande com água quente e calma.

 

Arenal, Praia de Palma e Can Pastilla

Arenal, no sul da ilha, é também uma zona muito turística, repleta de hotéis. A praia é grande e tem um agradável passeio ao longo da mesma. Aqui existem imensos restaurantes, esplanadas, bares e lojas.

Como já referimos, nós ficamos hospedados, na também movimentada zona de Can Pastilla.

 

Peguera e Santa Ponça

Peguera é uma cidade turística localizada no município de Calvià e que possui três grandes praias e centenas de hotéis, pousadas e apartamentos.

Santa Ponça é uma pequena cidade e uma estância de férias situada numa bela enseada abrigada no sudoeste de Maiorca. A baía possui um cenário deslumbrante de montanha, com villas e complexos de apartamentos construídos com bom gosto.

 

Port de Soller

Port de Sóller é uma vila pitoresca localizada na zona oeste da ilha. O porto da cidade de Sóller juntamente com a vila de Fornalutx e a aldeia de Biniaraix, formam Sóller. 

Situada numa grande baía de ferradura é um dos segredos mais bem guardados da ilha, um destino de férias mais sofisticado. Rodeada pelas montanhas Tramuntana, Port de Soller é uma das poucas vilas que reivindica um cenário deslumbrante de montanha e mar, e que oferece alguns dos melhores pores do sol em Maiorca.

A baía é delimitada por uma praia arenosa , ladeada por um passeio pedestre, com imensos cafés , restaurantes e lojas.

Uma experiência imperdível, dizem, é fazer a viagem no Tren de Soller, um comboio turístico que liga Palma de Maiorca a Soller.

 

Porto Cristo

Porto Cristo é uma pequena cidade situada na costa Leste da ilha. Trata-se de uma cidade muito pitoresca com ruas estreitas e numerosos edifícios históricos. Bem próximo destra cidade localizam-se as famosas Cuevas del Drach.

 

Cala Sant Vicenç

Cala Sant Vicenç é uma pequena cidade turística no nordeste de Maiorca. É composta por três pequenas praias, além de alguns bares e restaurantes que atendem a turistas. Localizado numa extremidade da cidade, encontra-se o hipogeu de Cala Sant Vicenç, talvez o mais espetacular de Mallorca.

 

Palma de Maiorca 

centro histórico de Palma de Mallorca é um lugar lindíssimo, com ruas estreitas, originárias da Idade Média, palácios e igrejas. O destaque no centro de Palma vai para a espetacular Catedral de Palma e para o Palacio Real de la Almudaina.

A Catedral de Palma de Maiorca, também conhecida por “Le Seu”, é uma majestosa catedral gótica restaurada por Gaudi. A entrada custa 7€.

Do lado esquerdo da Catedral está o Palácio Almudaina, uma antiga fortaleza Árabe outrora utilizada como residência dos Reis mouros. Mais tarde foi reconstruído e utilizado como residência dos primeiros Reis de Maiorca. Ainda é utilizado pela família real espanhola para cerimónias civis. 

O Museu da Fundação Pilar i Joan Miró também é outro local que merece uma visita. Para além de pinturas e algumas esculturas de Miró, o espaço permite ainda ver os estúdios onde o pintor catalão trabalhou nas últimas décadas da sua vida.

Santa Catalina é o bairro boémio de Palma, recheado de bares de tapas, cafés, restaurantes com esplanada e espaços criativos. É aqui que fica o conhecido Mercado de Santa Catalina.

O Castelo de Bellver é também uma das principais atrações turísticas de Palma.

Fica no topo de uma colina o que permite uma vista abrangente sobre a capital da ilha. Trata-se de um edifício defensivo que apresenta uma curiosa construção circular, construído em 1309.

 

Praias e Calas

Praia de Formentor

 

Cala Pi

 

Cala Figuera

 

Cala Tuente (Sa Calobra) 

 

Torrent de Pareis

 

És Trenc

 

Cala des Moro

 

Cala des Borgit

 

Cala de s’Almunia

 

Cala Llombards

 

Cala s’Amarador

 

Cala Mondragó

 

Cala Murta

 

Cala Clara

 

Outros Locais

Cabo Formentor

A península de Formentor é uma das zonas mais idílicas e belas de Maiorca. É uma zona dominada por fabulosos penhascos e escarpas, enseadas com pequenas praias, e miradouros. O lado selvagem da ilha, mas de uma beleza de arrepiar!

 

As Aldeias – Deià, Valldemossa e Fornalutx

Deià, Valldemossa e Fornalutx são, certamente, as aldeias mais bonitas de Maiorca. Estão todas situadas na Serra de Tramuntana.

Fornalutx é a típica aldeia, muito pequena e charmosa. Deià está edificada num terreno muito íngreme, porém muito bonita. Valldemossa, é a maior, possui várias lojas de recordações e restaurantes, e recebe muitas excursões de turistas.

 

Estrada de Sa Calobra    

Uma estrada que nos fascinou. São 12 km, curva a seguir a curva, que serpenteia as encostas da Serra de Tramuntana até ao pequeno porto de Sa Calobra. Aqui, e depois de passarmos um túnel escavada na encosta íngreme, chegámos a uma pequena praia incrível entre os altos rochedos. Lindo mesmo!

 

Grutas del Drach

As Cuevas del Drach já eram conhecidas durante a Idade Média e foram exploradas no ano de 1880 por M. F. Will e em E. A. Martel, que descobriu a gruta onde se encontra o lago que tem o seu nome.

Entre 1922 e 1935 a gruta foi preparada para poder receber visitantes com um novo acesso, traçados luminosos, escadas e iluminação elétrica.

A visita, que tem um custo de 15€, dura cerca de 1h e o percurso é de cerca de 1200 metros. A visita inclui ainda um fabuloso concerto de música clássica e um maravilhoso passeio de barco no lago.

 

Santuário de Lluc

Santuário mariano, datado do século XIII, símbolo da identidade maiorquina, apresenta uma hospedaria com quase 100 quartos para quem quiser experimentar um retiro espiritual sem se afastar demasiado da cidade. O grupo que canta na basílica tem o nome de ‘blauets’, por causa da cor azul (‘blau’) das suas sotainas. O património artístico reunido no museu, a natureza da serra de Tramuntana e o Jardim Botânico, são os locais de destaque. A entrada no museu tem um custo de 4€.

 

Para Comer

Maiorca possui um sem número de restaurantes maravilhosos para degustar as iguarias maiorquinas, entre os quais, um dos mais emblemáticos, o arroz brut (literalmente arroz sujo, em catalão). A paella ou fiduea, paella feita com massa fiduea em vez de arroz, e o peixe grelhado, também são excelentes opções.

 

Para Ficar

Maiorca, sendo uma das mais importantes estâncias balneares da Europa, possui também, um sem número de hotéis, resorts, pousadas e maravilhosas villas e moradias. A oferta é incrível!

Como já referimos, nós escolhemos a zona de Can Pastilla e o Hotel Orleans Garden, um hotel três estrelas modesto, mas simpático e agradável, mesmo junto ao mar.

Mais Informações >

Share this post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Sobre

Olá, o meu nome é Carla Ferreira. Vivo em Viseu com a minha família, o marido Leonel e as filhas Sofia e Francisca.

Somos apaixonados pelo mundo, pela Natureza, pelas pessoas, culturas e tradições. Somos inquietos, sempre com uma vontade enorme de explorar mais e mais, de estar constantemente à procura. Privilegiamos muito o conhecimento, a valorização, a preservação e a sustentabilidade do planeta Terra. 

Explorar o mundo e partilhá-lo com as pessoas são das coisas que mais gostamos de fazer.

Artigos Recentes

Like Me on Facebook

Follow me on Instagram