Carla Ferreira

Carla Ferreira

Museu da Eletricidade & MAAT – Lisboa

 

Museu da Eletricidade

O Museu da Eletricidade, classificado como Imóvel de Interesse Público, pertence à Fundação EDP, está localizado na antiga Central Tejo, em Lisboa, e integra atualmente o MAAT – Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia.

O museu é dedicado ao passado, presente e futuro das energias, num conceito de museu da ciência e de arqueologia industrial.

          

          

          

          

 

O museu inclui ainda exposições temáticas e experimentais, e diversos eventos culturais e empresariais.

Abriu em 1990 e passados 10 anos sofreu obras de reabilitação, tanto no edifício como nos equipamentos, para reabrir novamente em 2006.

O museu mostra e explica, com recurso à maquinaria original da antiga Central Tejo, o modo de funcionamento e o ambiente de trabalho, necessários à produção de electricidade que aqui operou até 1951.

O museu oferece ainda exposições temporárias (fotografia, escultura, pintura, entre outras) e espaços didácticos, no qual é possível experimentar as diversas aplicações da energia e espaços lúdicos, com jogos pedagógicos, teatros, concertos e conferências.

          

 

Horário

Terça a domingo – 10h às 18h

Visita ao percurso secreto – 1º domingo de cada mês

Visitas guiadas espontâneas ao fim de semana – 10h 30, 12h, 15h e 16h 30

 

Preço

Entrada na Central – 5€

Entrada no MAAT – 5€

Entrada Central + MAAT – 9€

(O bilhete dá acesso a todas as exposições patentes em cada edifício)

 

Morada

Avenida Brasília, Central Tejo

Lisboa

T. 210 028 190

 

MAAT

O MAAT – Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia, localizado junto ao Museu da Eletricidade, em Lisboa, é a mais recente proposta cultural para esta cidade. Um museu que articula três áreas, arte, arquitetura e tecnologia, num espaço de debate, de descoberta, de pensamento crítico e de diálogo internacional. Um projeto inovador num criativo edifício, desenhado pelo atelier de arquitetura Amanda Levete Architects, o MAAT apresenta exposições nacionais e internacionais com o contributo de artistas, arquitetos e pensadores contemporâneos. Refletindo sobre grandes temas e tendências atuais, a programação apresenta ainda diversos olhares curatoriais sobre a Coleção de Arte da Fundação EDP.

A 5 de outubro de 2016, o edifício foi inaugurado com uma obra de grandes dimensões criada pela artista francesa Dominique Gonzalez-Foerster especificamente para este espaço.

Com o MAAT, a Fundação EDP oferece um novo impulso cultural e paisagístico à cidade de Lisboa. A diversidade de programas e de espaços tornam-no num importante ponto no roteiro cultural da cidade. Uma proposta pensada para todos os públicos, para todas as idades.

          

 

Horário

Quarta a segunda – 11h às 19h

 

Preços

Entrada na Central – 5€

Entrada no MAAT – 5€

Entrada Central + MAAT – 9€

(O bilhete dá acesso a todas as exposições patentes em cada edifício)

 

50% DE DESCONTO NA ENTRADA

Estudantes (maiores de 18 anos)

+ 64 anos

Grupos (mínimo 10 pessoas)

 

ENTRADA GRATUITA

Membros MAAT

Público em geral no 1.º domingo de cada mês

Crianças e jovens até aos 18 anos

Desempregados

Professores e jornalistas

Público com necessidades especiais

Funcionários do Grupo EDP

Membros APOM/ICOM, Academia de Belas Artes, Academia Portuguesa de História, Academia Internacional de Cultura Portuguesa, Academia das Ciências.

Nota: Os descontos não são acumuláveis e concedidos mediante a apresentação dos comprovativos necessários.

 

50% DE DESCONTO EM WORKSHOPS E VISITAS 

Estudantes

Desempregados

64 +

Membros MAAT

Crianças até aos 10 anos participam gratuitamente em visitas

 

Morada

Avenida Brasília, Central Tejo

Lisboa

T. 210 028 130

Mais Informações

Share this post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Sobre

Olá, o meu nome é Carla Ferreira. Vivo em Viseu com a minha família, o marido Leonel e as filhas Sofia e Francisca.

Somos apaixonados pelo mundo, pela Natureza, pelas pessoas, culturas e tradições. Somos inquietos, sempre com uma vontade enorme de explorar mais e mais, de estar constantemente à procura. Privilegiamos muito o conhecimento, a valorização, a preservação e a sustentabilidade do planeta Terra. 

Explorar o mundo e partilhá-lo com as pessoas são das coisas que mais gostamos de fazer.

Artigos Recentes

Like Me on Facebook

Follow me on Instagram