Carla & Leonel

Carla & Leonel

Concelho de Proença-a-Nova – Castelo Branco

Estavamos no mês de agosto, quando nos decidimos aventurar pelo imenso Pinhal do Interior Centro de Portugal para conhecer Proença-a-Nova, um bonito e pacato concelho que pertence ao distrito de Castelo Branco,

Situada numa região de grande beleza natural, rodeada de imensos pinhais e bonitas paisagens, a região possui condições para as mais variadas atividades de lazer.

Proença-a-Nova foi, em tempos, designada de “Cortiçada”, mantendo este topónimo até ao século XVI, altura em que foi definitivamente abandonado em favor do atual. No que diz respeito à ocupação humana neste território, esta já vem de longa data, conforme comprovam os vestígios arqueológicos encontrados no território, nomeadamente da época de ocupação romana. Aliás, por toda a região existem inúmeros vestígios arqueológicos de outros tempos, como as Antas de Sobreira Formosa e a antiga Ponte do Malhadal, que se diz ser romana.

A vila de Proença-a-Nova apresenta ainda uma bonita Igreja Matriz recentemente restaurada, ostentando a Cruz de Malta, o interessante Cruzeiro, as Capelas da Misericórdia, de Santo António, Espírito Santo, São Bartolomeu e de São Sebastião.

As tradições, os usos e os costumes são igualmente património, neste caso imaterial, que importa preservar pois também é este que constrói a identidade dos proencenses. Sem esquecer as suas raízes, a população mantém vivas tradições particularmente ricas em períodos festivos como o Natal e a Páscoa. A religiosidade caraterística do mundo rural renova-se em rituais como a Encomendação das Almas, as Janeiras ou o madeiro de Natal e diversas iniciativas promovem a recolha e preservação deste património imaterial.

 

Para Ver

Igreja Matriz

Não se sabe ao certo o ano de construção da igreja, contudo, sabe-se que a mesma foi bastante atingida com o terramoto de 1755 e, que posteriormente, foi alvo de grandes modificações e acrescentos e atualmente possui uma belíssima talha do século XVIII.

 

Ciência Viva da Floresta 

O Centro Ciência Viva da Floresta é parte integrante da rede nacional de vinte Centros Ciência Viva distribuídos por todo o país e que surge como um espaço interativo de divulgação científica e tecnológica, que funciona como plataforma de desenvolvimento regional científico, cultural e económico sobre a temática da Floresta, no qual são dinamizados variados programas repletos de atividades.

 

Museu Isilda Martins

Núcleo etnográfico da responsabilidade de Isilda Martins inaugurado em 2012 que conta com imensos objetos de uso quotidiano, vestuário, alfaias agrícolas e outros utensílios entretanto organizados de forma a recordarem a primeira metade do século XX.

 

Ponte Romana 

Antiga ponte romana localizada sobre a ribeira da Pracana em São Pedro do Esteval.

 

Praia Fluvial da Froia

Esta praia está situada num pequeno vale, num espaço bem cuidado ao longo de 200 metros da ribeira, rodeada de pinhais. Dotado de variadas infraestruturas para as mais diversas comodidades dos veraneantes, este é o espaço ideal para quem aprecia lugares cómodos e de dimensão considerável.

 

Praia Fluvial de Malhadal/ Ponte Filipina

Esta praia fluvial está instalada numa represa, localizada na Ribeira da Isna, o espaço ideal para quem gosta de espaços amplos, calmos e rodeados de imensa vegetação. A represa é enorme, com corrente constante durante todo o verão, ideal também para usufruir de um passeio de caiaque ou de gaivota. Possui uma piscina flutuante com espaço para crianças e nas imediações existe uma ponte filipina bem preservada e diversas azenhas. A abundância de carpas, barbos e bogas tornam fazem deste local, o local perfeito para os amantes da pesca.

 

Praia Fluvial Alvito da Beira 

Praia localizada na aldeia de Alvito da Beira, na margem direita da ribeira do Alvito, num vale verdejante profundo, emoldurada pelas casinhas que fazem parte da aldeia. Esta praia possui infraestruturas de apoio e oferece todas as condições para nadar, relaxar e descansar.

É também o ponto de partida para o Percurso Pedestre “Rota dos Recantos e Encantos”, através de antigas levadas. O passeio conduz até à Cova do Alvito, povoação sem habitantes permanentes, mas bem preservada.

 

Portas de Almourão

Fantástico Geomonumento inserido no Geopark Naturtejo localizado na fronteira com o concelho de Vila Velha de Ródão. Para além da beleza das fragas quartzíticas rasgadas pelo rio Ocreza e da forma peculiar que ali o rio assume, a envolvência contempla espécies raras de fauna e flora. Ali é frequente avistar-se grifos a sobrevoar a zona e grandes quantidades de zimbro.

O miradouro e toda a zona circundante são atravessados pelos percursos pedestres PR2 e PR6, apetecíveis para quem aprecia Turismo de Natureza. Um local de grande beleza e de grande interesse geológico.

 

Aldeia do Xisto de Figueira

Localizada no concelho de Proença-a-Nova, Figueira é uma aldeia praticamente plana e de fácil circulação cujo material de construção predominante é o xisto, embora algumas fachadas dos edifícios estejam rebocadas e pintadas. Existe um padrão construtivo na utilização do xisto que distingue esta das outras Aldeias do Xisto: muitas ombreiras das portas são irregulares e em alguns muros constatamos um pouco comum assentamento vertical do xisto. Os quintais são delimitados por lajes de xisto espetadas na vertical.

A circundar a aldeia, os tons de verde indicam a forte presença de oliveiras que dão origem ao “ouro verde”, outrora a riqueza da aldeia.
Com forte presença de múltiplos pormenores da arquitetura tradicional, a aldeia possui hortas, quintais, arrumos agrícolas, currais e capoeiras, é portanto, uma aldeia viva ainda com ritmos verdadeiramente rurais.

Aqui nasce a ribeira da Figueira, que aflui à ribeira das Moitas, a qual, depois se junta ao rio Ocreza e este ao Tejo.
Durante o passeio pela aldeia apercebemo-nos que as figueiras são muito frequentes, não sendo, por isso, despropositado ligar-se o nome da aldeia a esta árvore. Fizemos uma pequena pausa na Loja das Aldeias do Xisto, um espaço com variada gama de produtos e pão cozido em forno de lenha. É aqui que também funciona o restaurante Casa Ti’Augusta e, de seguida, passamos ainda pela Casa da Família Balau, o edifício do século XIX mais notável da aldeia, e pelo forno comunitário, onde ainda se coze o pão.

 

Locais a Visitar Próximo de Proença-a-Nova

 Praia Fluvial de Cardigos (17Km)

Eleita a Estrela do Médio Tejo na categoria Património Natural – Praias Fluviais, perto da Barragem de Vergancinho, encontra-se a lindíssima Praia Fluvial de Cardigos, que se situa na freguesia de Cardigos, no concelho de Mação.

É um local deslumbrante com uma piscina em tons de azul turquesa verdadeiramente encantadora com uma zona relvada e muita sombra natural. O fabuloso complexo balnear fica completa com um espaço com areia e chapéus de palha.

Possui 2 tipos de churrasqueiras no parque de merendas com diversas mesas para fazer piqueniques, um bar de apoio a toda a zona, chuveiros, casas de banho e rampa de acesso a pessoas com mobilidade reduzida. Possui ainda parque para autocaravanas e, durante a época balnear, dispõe de nadador salvador.

A Natureza envolvente é outro atrativo desta praia, fazendo deste local, um destino cada vez mais apetecível, sobretudo na altura do verão.

 

Aldeia do Xisto de Água Formosa (30Km)

Água Formosa é, antes de mais, formosa. O nome, de facto, não podia estar melhor atribuído. A aldeia localizada numa encosta do concelho de Vila de Rei e esconde-se, entre a ribeira da Corga e a ribeira da Galega, numa encosta. Nesta pacata localidade são ainda visíveis os vestígios das tradições antigas, como os vários fornos a lenha espalhados pela aldeia, mas também evidências de tradições ligadas à utilização da força da água.
Nesta aldeia fomos cativados pela simpatia dos habitantes, pelo caminho calcetado que nos levou à fonte de água puríssima e pelo passeio que fizemos pelas estreitas ruelas até à pequena ribeira, local onde habitam cágados e mesmo lontras, o feto-real (Osmunda regalis), um dos maiores fetos que ocorrem em Portugal, com grandes e lindas frondes, podendo atingir mais de um metro de comprimento. Vimos ainda a Eira dos Réis, um local onde, no final do verão, se secam os cereais, vimos os fornos a lenha que ainda se encontram em funcionamento, e três azenhas.

Esta é uma aldeia que vive de esperança. Tem poucos habitantes residentes, mas em breve existirão mais. Vêm atraídos pelo som da água a Correr na Ribeira das Galegas e pela sincera simpatia dos vizinhos.

 

Para Comer

Na gastronomia destacam-se os maranhos e as feijoadas, os enchidos e o queijo de cabra, bem como as cavacas, os bolos de mel e azeite e as afamadas tigeladas, sabores genuínos que emergem da Natureza e se transformam em paladares fortes.

 

O Restaurante   

Despensa-a-Nova

Este restaurante está localizado no Amoras Country House Hotel, em plena vila de Proença-a-Nova.

No Despensa-a-Nova armazenam-se os ingredientes que cada uma das estações proporciona, assim como todos os segredos das receitas. Da horta e do pomar são colhidos os legumes e frutas sempre frescos, para garantir que a experiência de degustação seja autêntica e memorável.

Em cada prato oferecem um pouco da história e reavivam memórias de outros tempos, resultado do saber acumulado das vivências de uma casa de família. Destacam-se as várias especialidades regionais como o cabrito estonado, a chanfana, o afogado da boda, a perdiz à brás, sem esquecer o maranho e o plangaio, uma especialidade deliciosa confecionada com ossos do espinhaço do porco e massa de farinheira, sendo depois curado. Para terminar, uma tigelada ou mousse de chocolate com flor de sal e redução de maracujá, uma maravilhosa experiência gastronómica.

Num ambiente agradável e acolhedor vários foram os sabores com os quais nos deliciámos. Numa panóplia de pratos, degustamos bochechas de porco com puré de batata doce, polvo à lagareiro, tigelada, gelado de medronho, entre outras iguarias.

 

Para Ficar

 Amoras Country House Hotel

Antiga mansão de família edificada no início do século XX transformada num charmoso alojamento, o refúgio perfeito para descansar e desfrutar da tranquilidade da região do Pinhal Interior.

Com uma localização privilegiada, no centro da vila de Proença-a-Nova, o espaço caracteriza-se por ser moderno e ao mesmo tempo tradicional, no qual não faltam apontamentos pessoais, como as fotografias antigas dos proprietários que decoram as inúmeras paredes e que contam histórias interessantíssimas das suas vidas, histórias que também nos foram contadas pela simpática funcionária.    

Trata-se de um hotel de 4 estrelas que proporciona um ambiente inclusivo e de proximidade com o hóspede, com flexibilidade dos serviços e criação de experiências e memórias para que nos sintamos numa casa de família na província. Possui 33 quartos, onde o conforto e a elegância se envolvem nos cheiros e sabores de uma terra da Beira Baixa.

Mais Informações >

Share this post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Sobre

Olá, somos a Carla, o Leonel, a Sofia, a Francisca, e adorámos partir à descoberta do mundo juntos!

Aqui, partilhámos os vários destinos que já visitamos, os hotéis onde ficamos hospedados e os restaurantes que experimentámos. Queremos inspirar quem nos visita, a viajar e a experimentar, pois consideramos que a vida é uma soma de experiências e uma constante procura. Nesta procura, buscamos locais, espaços, gastronomia, cultura, pessoas e, acima de tudo, a felicidade que é poder conhecer, valorizar e preservar o mundo maravilhoso que temos.

Artigos Recentes

Like Me on Facebook

Follow me on Instagram