Carla & Leonel

Carla & Leonel

República Dominicana

#Continuandoàprocura  de locais paradisíacos, este fica localizado no coração do Caribe, é banhado pelas águas do Atlântico no litoral norte e pelo Mar do Caribe, no sul, um país que dá pelo nome de República Dominicana, numa ilha que prima pela beleza natural, história ímpar e que tem como vizinho o Haiti.

créditos: princesshotelsparesorts.com

Estivemos neste belo país em 2005 e que confesso que naquela época a nossa veia exploradora estava adormecida, pelo que acabamos por ficar praticamente todos os dias no resort que escolhemos para desfrutar de umas férias serenas, com muita praia, piscina e muito descanso.

créditos: itaka.pl

Ficamos instalados no fantástico Tropical Princess Beach Resort & Spa, um resort localizado na famosa praia Bávaro, junto a Macao e Punta Cana, reconhecidas como das mais mais belas e melhores praias do mundo.

Aqui a água é tão cristalina e a areia tão fina e tão branca que é difícil acreditar que seja real. Aqui estão também localizados os melhores hotéis e complexos para férias do país, campos de golfe, marinas de elevada qualidade, restaurantes, praças comerciais, lojas e parques temáticos, tudo isto a uma curta distância do Aeroporto Internacional de Punta Cana, onde calorosamente fomos recebidos.

O dia em que saímos do resort escolhemos conhecer os Altos de Chávon, perto de La Romana, junto ao rio Chávon, uma romântica réplica de um pueblo mediterrâneo do século XVI. No centro da vila está a igreja de San Estanislao, e em ser redor existem várias tendas de comércio, estúdios de artistas, galerias, restaurantes, museus e um belíssimo anfiteatro ao ar livre.

          

Daqui, fomos em direção a um rancho espetacular, do qual já não me recordo do nome, um espaço dedicado aos trilhos e às atividades equestres, no qual tivemos o prazer de fazer um passeio de charrete e ou a cavalo, seguido de uma refeição tipicamente dominicana.

Nesse dia à tarde, dirigimo-nos para o porto de La Romana, onde apanhámos uma lancha rápida que nos levou à maravilhosa Isla Catalina, uma pequena ilha situada em frente à costa de La Romana e que inclui um dos melhores sítios para mergulho na República Dominicana, graças ao seu Museu Submarino, no qual se encontra um barco naufragado do Capitão Kidd. O declive desde a praia forma um riquíssimo jardim aquático de corais e fauna a menos de 3 metros de profundidade, ideal para a prática de snorkeling.

No final do dia houve ainda tempo para visitarmos uma fábrica de charutos dominicanos.

O País

A República dominicana foi descoberta por Cristóvão Colombo, durante a sua primeira viagem ao mundo, em 1942, que na altura era habitada por aborígenes, que se chamavam a si próprios de taínos, cujo significado é “os bons”.

O espanhol é o idioma oficial. É importante assinalar que a fala dominicana é a vivência da alma e a sabedoria campesina, expressa com sotaque rústico e sabor da terra. Cada região tem o seu encanto e acentua as suas expressões de forma peculiar.

A República Dominicana tem uma população de quase dez milhões de habitantes e o seu território está dividido em 31 províncias e um Distrito Nacional, governada em regime de democracia, cuja capital é Santo Domingo, com uma população de quase três milhões.

A religião predominante é a Católica Apostólica Romana. Em relação ao clima, um clima fantástico, a temperatura média oscila entre 18º e 27º, predominando o clima tropical húmido de savana, com cinco variedades ou microclimas que se classificam em: húmido, seco de estepe e tropical de selva, bosques e savanas. Por este motivo, a terra dominicana é fértil para plantar o que quer que seja.

A sua localização geográfica determina as características gerais do seu clima agradável, regido principalmente pelos ventos alísios do noroeste. AS variações locais estão condicionadas pelo relevo das suas cordilheiras que serpenteiam entre vales, rios e planícies costeiras.

No maciço montanhoso central, está o Pico Duarte, o mais alto das Antilhas, com 3098 metros de altitude. Outro aspeto interessante do relevo da ilha fica na província de Barahoma, dá pelo nome de Lago Enriquillo. De sua superfície, a cerca de uns 30 metros abaixo do nível médio do mar, emerge a Ilha de Cabritos onde vive uma das maiores reservas mundiais de crocodilo americano.

Em relação ao ingresso e estadia no país, para os estrangeiros que queiram visitar a República Dominicana, deverá constar no seu passaporte, o visto correspondente outorgado pelas embaixadas e consulados dominicanos credenciados no exterior, excetuando aos nacionais de países com os quais o país tenha firmado acordos dispensando os mesmos e aos nacionais de países autorizados a viajar para o país com um cartão turístico que pode ser comprado por US$10,00 ou £$10,00 nestas mesmas representações diplomáticas, depois de comprar a passagem aérea ou à chegada ao país no porto ou aeroporto internacional. Todos os estrangeiros que entrem na República Dominicana, seja com cartão de turista ou visto, deverão estar munidos de passaporte válido e mantê-lo com a vigência mínima necessária para cobrir a permanência e saída do território dominicano.

A moeda corrente é o peso dominicano, sua representação é RD$, e se divide em 100 centavos. As moedas que circulam são de 1, 5, 10 e 25; em papel existem as denominações de 20, 50, 100, 200, 500, 1000 e 2000 pesos. Em alguns locais é possível pagar em dólares americanos. A maioria dos hotéis, restaurantes e casas comerciais aceita os cartões de crédito internacionais mais conhecidos.

No que diz respeito aos transportes, a área metropolitana de Santo Domingo conta com serviço de Metro, numa distância de 15 Km, num total de 16 estações. Há serviço de táxis e em todos os aeroportos existem facilidades para alugar carro.

A comida típica dominicana é muito saborosa e variada. O prato conhecido como “la bandera” é constituído por arroz, feijão (branco, vermelho ou preto), carne, legumes e plátanos ou fritos verdes e banana da terra preparada de uma forma especial.

O sancocho dominicano é uma variação gastronómica do cozido espanhol e cada região do país tem seu estilo próprio de prepará-lo, sendo o Sancocho Preto de Sete Carnes, um dos mais apreciados.

Existem ainda outras iguarias como o Peixe com Coco de Samaná, o Chivo de Azuae, o Chivo Liniero de Montecristi, o Puerco en Puya, os Pasteles en hoja, Chicharrones de Pollo e Pica-Pollo.

Os Johnny Cakes e o mangú também fazem parte da alimentação, bem como o Lócrío Dominicano (risotto).

O cacau e o café são dois dos produtos mais comercializados.

 

Para Ver

Praias

Consideradas umas das mais belas praias do mundo, a República Dominicana possui praias de areia tão fina e água tão cristalina que é impossível lhes ficar indiferente. Desde o manto áureo e virgem que corre o Atlântico no litoral norte ao incrível branco do sudeste, a escolha é deveras difícil.

Parques Nacionais

O complexo dos Parques Nacionais é formado pelas áreas recreativas que compõem os parques urbanos, as áreas naturais e reservas científicas, que protegem a flora, a fauna e as belezas naturais do país:

– Parque Nacional Armando Bermúdez (Cordilheira Central)

– Parque Nacional de José del Carmen Ramírez (Cordilheira Central)

– Parque Nacional Los Haitises (Samaná)

– Parque Nacional Cotubanamá (La Altagracia)

Parques Temáticos Educativos Recreativos e Aquáticos

– Peképolis (Silver Sun Gallery, Santo Domingo)

– Screamland (Ágora Mall)

– Aquamundo (Sambil, Santo Domingo)

– Los Delfines Water & Entertainment Park (Juan Dolio)

– Ocean World (Puerto Plata)

– Dolphin Discovery (Punta Cana)

– Sirenis Aquagames (Punta Cana)

Jardim Botânico

Todas as espécies estudadas da flora nativa estão exibidas, classificadas e colecionadas no Museu de História Natural e no Jardim Botânico Nacional, que surge majestoso numa área urbana da cidade.

As pessoas com dificuldades auditivas e visuais podem realizar o trajeto e conhecer a envolvência através de uma experiência sensorial única utilizando o Trilho dos Sentidos.

O Jardim Botânico Nacional foi qualificado pela Kew Garden, de Inglaterra, entre os dez melhores do mundo.

Parque Zoológico

A República Dominicana apresenta uma fauna diversa e específica, que se caracteriza pelo alto índice de espécies inferiores, uma fauna avícola rica e mamíferos nativos escassos.

Entre as espécies nativas mais interessantes estão as iguanas das rocas, as cutias e o crocodilo americano.

Plaza da Cultura

A Praça da Cultura, pulmão da cidade com imensos jardins, majestosas fontes e árvores centenárias, é um centro cultural situado no coração de Santo domingo.

O conjunto de edifícios modernos que compõem a praça, abriga a Biblioteca Nacional, a Cinemateca Nacional, a Galeria de Arte Moderna, os Museus de História Natural, Museu de História e Geografia, Museu do Homem Dominicano e o Teatro Nacional.

Teatro Nacional

O Teatro Nacional é uma obra de arquitetura moderna erguida no coração da Plaza da Cultura. A sala principal tem capacidade para acomodar 1700 pessoas e um sistema moderno de acústica modulada.

 

Principais Destaques

Santo Domingo

Capital da República dominicana, terra privilegiada que transita entre o cosmopolita e o popular, um espaço de negócios e de diversão, em edifícios ousados ou numa antiga cidade colonial, desfrutando de praias transparentes, reservas naturais, modernos centro comerciais ou estupendas galerias de arte.

– cidade colonial

– Los Tres Ojos

– cidade gastronómica e vida noturna

– Plaza de la Cultura

– destino de compras e moda

– carnavais para todos

– paixão pelo baseball

– Santo Domingo Este

– Boca Chica

– Santo Domingo Oeste

– Santo Domingo Norte

Vale do Cibao

– Monseñor Nouel

– Província Duarte

– Província de Hermanas Mirabal

– La Vega Real

– Turismo de Montanha

– Constanza

– Jarabacoa

– Santiago de los Cabaleros

– San José de las Matas

À Costa de Ambar

– Montecristi

– Puerto Plata (Ocean World Adventure Park, cultura e arquitetura, Loma Isabel de Torres, 27 Saltos de Damajagua, Praia Cabarete)

– Long Beach

– Banco de la Plata

– Sósua

– Luperón

– Maria Trinidad Sánchez

– Samaná ( Santuário de Baleias, Parque Nacional Los Haitises, Salto El Limón, Cayo Levantado, Las Terrenas, Viad noturna e gastronomia)

– Santa Bárbara de Samaná

– El Portillo e Las Terrenas

– Pueblo de los Pescadores

Região Sul

– San Cristóbal

– Peravia

– Azua de Compostela

– Barahona

– Neiba

– Pedernales

A Terra onde nasce o sol

– Praia Caribe

– Juan Dolio

– Guayacanes

– Vilas del Mar

– São Pedro de Macoris

– La Romana (Altos de Chávon, Casa de Campo, Isla Saona, Isla Catalina, Cueva de Las Maravillas, Bayahibe)

– Hato Mayor

– El Seibo

Higuey

– Bávaro

– Punta Cana (Praias, Encontro com Golfinhos, Reserva Ecológica de Punta Cana, Spa, Golfe, Vida noturna e gastronomia)

 

Mais Atividades

Atividades Recreativas/ Desportivas

O clima da República Dominicana permite praticar desportos ao ar livre durante todo o ano. O baseball é o desporto rei no país. O calendário internacional dos eventos desportivos é muito extenso e a capital possui excelentes infraestruturas desportivas, como o Centro Olímpico Juan Pablo Duarte, o Coliseu Carlos Teo Cruz, o Kartódromo Julián Barceló ou a pista internacional de Motocross El Higuero.

 

Caminhadas pela Cidade

Para caminhadas e corridas existem locais na cidade para o efeito como, o Centro Olímpico, o Paseo de los Indios ou Mirador Sur, o Mirador del Este, o Jardim Botânico e o Parque Ambiental de Nunezde Cáceres.

Na rota turística da zona metropolitana do Distrito Nacional está o Parque Iberoamérica, um espaço pedestre que conta com um fabuloso bulevar, ginásio ao ar livra, uma unidade médica, uma área infantil e um iguanário.

 

Caminhadas

Existem circuitos desenhados como:

– rota do café

– rota do cacau

– rota do gengibre

– rota do ananás

– trilha de montanha do rio Jamao

– trilhos do rio Socoa em Monte Plata

– trilho da ilha Cabritos (Lago Enriquillo)

– trilhos costeiros (Sierra Martín)

– trilhos da ilha Saona

– rota do sal (Montecristi)

 

Destino Equestre

As corridas de cavalo realizam-se no Hipódromo V Centenário, frente ao Mar Caribe. Além do hipódromo existem outras instalações dedicadas à hípica, em particular o Clube de Pólo de Casa de Campo, em La Romana e Os Estábulos Cap Cana.

 

Desportos Aquáticos e Pesca

As águas cristalinas, as praias de águas calmas ou de ondas fortes, seduzem os amantes e profissionais de surf, kitesurfing, ski aquático, vela, pesca desportiva em alto mar, submarina e mergulho.

 

Vida Noturna

O clima agradável e a simpatia das suas gentes permitem desfrutar de uma vida social em quase todo o território nacional. A noite começa com um happy-hour após o trabalho. Existem bons restaurantes, discotecas, pubs e bares boémios.

Há um espetáculo gratuito, uma experiência inesquecível par os que visitam a cidade. Um passeio pelo Malecón de Santo Domingo que, nas festas de Carnaval, passagem de ano e outros finais de semana, se transformam na maior discoteca do ano.

Share this post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Sobre

Olá, somos a Carla, o Leonel, a Sofia, a Francisca, e adorámos partir à descoberta do mundo juntos!

Aqui, partilhámos os vários destinos que já visitamos, os hotéis onde ficamos hospedados e os restaurantes que experimentámos. Queremos inspirar quem nos visita, a viajar e a experimentar, pois consideramos que a vida é uma soma de experiências e uma constante procura. Nesta procura, buscamos locais, espaços, gastronomia, cultura, pessoas e, acima de tudo, a felicidade que é poder conhecer, valorizar e preservar o mundo maravilhoso que temos.

Artigos Recentes

Like Us on Facebook

Follow me on Instagram