Carla Ferreira

Carla Ferreira

Trilho de Vale de Cavalos – Viseu

No seio de um cenário de grande beleza bem próximo de Viseu, existe um Trilho que dá pelo nome de Vale de Cavalos. Um percurso de pequena rota, com duas opções de trilho, um maior com cerca de 9Km e um menor com cerca de 4 Km.

Como grandes amantes que somos da Natureza escolhemos o percurso maior, pois para além de nos possibilitar estar mais tempo em contacto com o que tanto gostamos, permitiu-nos ainda explorar melhor toda a envolvência e ficar a conhecer os inúmeros cantos e recantos ao longo do percurso.

O trilho caracteriza-se pela passagem por vários pontos de interesse ligados à fauna, flora e património local, como são exemplo as áreas de pastagem, antigos viveiros, casas típicas de extintos mestres e guardas florestais, casas de apoio, núcleos de espigueiros/eiras, represas e nascentes de água, entre outros.

O percurso com início na freguesia de Côta, no lugar de “Vale de Cavalos” junto à casa do Mestre, passa por diversos pontos de interesse localizados dentro deste mesmo núcleo “paradisíaco” e segue em direção à aldeia de Quintãs, onde se pode desfrutar de envolvente paisagística de rara beleza, assim como de construções de casario tradicionais, com utilização de xisto, de vivências ligadas à lavoura e outros trabalhos rurais dignos de uma paisagem contemplativa.

Percorrer este trilho é contemplar, antes de mais, imensos pontos de interesse do ponto de vista da flora, desbravando um caminho surpreendente, por entre matas, caminhos florestais com muitos pinheiros e carvalhos e também casas de guardas florestais abandonadas mais conhecidas por casa do mestre.

O está muito bem marcado, muito limpo, passa por pela aldeia de Quintãs, junto aos moinhos, onde existe um pequeno passadiço de madeira e regressa junto a pequenos regatos e muitas matas.

 

Informação útil

Distância: Maior (9km), Menor (4km)

Duração: Maior (3h), Menor (1h)

Tipo de percurso: Circular

Dificuldade Técnica: Média

Local de Partida/Chegada: Casas do Mestre, Freguesia de Côta, Viseu

Coordenadas GPS do ponto de Partida/Chegada: 40.81962696888947, -7.793604411214743

 

Quando Ir: 

Todas as estações são boas para fazer o trilho, mas na nossa opinião, na primavera e no outono em dias de sol, são as melhores alturas. No inverno, existe a possibilidade de encontrar muita geada. No verão, o facto de haver sombras, também pode tornar a caminhada mais fácil.

Nós fomos no inverno e, como tal, fomos presenteados com imensa geada praticamente durante todo o percurso, o que lhe conferiu uma beleza peculiar.

 

O que levar:

  • Mochila leve com o necessário, nomeadamente, comida e bebida.
  • Calçado adequado a caminhadas em montanha.
  • Roupa adequada ao tempo. É a Serra da Estrela e, por conseguinte, o tempo poderá mudar rapidamente. Portanto, convém ir prevenido, tanto para o frio, como para o calor.
  • Uma máquina fotográfica ou um smartphone para registar os locais.
  • Um saco para trazer o lixo que, eventualmente, se faça.

Share this post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Sobre

Olá, o meu nome é Carla Ferreira. Vivo em Viseu com a minha família, o marido Leonel e as filhas Sofia e Francisca.

Somos apaixonados pelo mundo, pela Natureza, pelas pessoas, culturas e tradições. Somos inquietos, sempre com uma vontade enorme de explorar mais e mais, de estar constantemente à procura. Privilegiamos muito o conhecimento, a valorização, a preservação e a sustentabilidade do planeta Terra. 

Explorar o mundo e partilhá-lo com as pessoas são das coisas que mais gostamos de fazer.

Artigos Recentes

Like Me on Facebook

Follow me on Instagram